Leitores criticam nomeação de vice para pasta da Cultura em Vitória

Estéfane Ferreira (Republicanos) vai responder pelo cargo de secretária interinamente, enquanto titular não é selecionado

Publicado em 09/02/2021 às 18h03
Chapa do Republicanos formada em Vitória
O prefeito Lorenzo Pazolini (Republicanos) e a vice Estéfane Ferreira, capitã da Polícia Militar. Crédito: Divulgação/Assessoria de Imprensa

Após mais de um mês de gestão, o prefeito de VitóriaLorenzo Pazolini, ainda não encontrou um nome definitivo para ocupar a Secretaria de Cultura. Na tarde desta terça-feira (9), a vice-prefeita, Estéfane Ferreira (Republicanos), foi nomeada para responder pelo cargo interinamente, enquanto o titular da pasta não é selecionado.

A secretaria até então era chefiada temporiariamente por Luciano Picoli Gagno (SD), que foi nomeado subsecretário de Cultura no dia 15 de janeiro. Ele acumulava as duas funções. Na última semana, Pazolini chegou a convidar o ex-prefeito de Colatina Sérgio Meneguelli (Republicanos) para ser o secretário municipal de Cultura, mas ele negou

A nomeação de Estéfane Ferreira levantou uma série de críticas — e também de dúvidas  — entre os leitores de A Gazeta. Confira alguns comentários postados em nossos perfis nas redes sociais:

Será que não tem nenhum especialista nessa área em Vitória? (Karine Stelzer)

Vitória lotada de artistas competentes e eles me colocam uma pessoa que não tem nenhum currículo na área cultural, por isso os artistas capixaba estão todos mal pagos. (Warlen Neto)

Ela entende o que de cultura? Que sacanagem! Será que vou me arrepender novamente, como me arrependi de ter votado no presidente? Uma dúvida, ela terá dois salários, de vice e de secretária de Cultura? Pazolini faz isso com quem confiou em tê-lo como prefeito de uma grande cidade, na verdade a melhor capital do país. (Blecyr Loreto Corrêa)

Pessoal, Pazolini tá sendo coerente. Nunca falou nada sobre cultura, e nem quer falar sobre... Afinal cultura virou coisa de esquerdista-petralha-maconhista... Talvez se for pra montar uma guarda municipal da “cultura”, cheia de banda gospel, ele tope. Botaram essa moça para ser um dois de paus mesmo, é para não ter política cultural na cidade. Reclamem com quem votou nesse sujeito. (Sérgio Prucoli)

Qual o currículo dela na área da cultura? O que Capitã Estéfane já fez pela cultura capixaba? Você confiaria num médico sem experiência? (Rhuan Magalhães)

Vice-prefeitura não tem trabalho não? (Leandro Batista)

Putz. Regina Duarte foi superada hoje. A mencionada tem quais experiências na função? Nenhuma, né... (Igor Cian)

Não é justo colocá-la, porque ela já está com dois cargos públicos. Ao invés de nomeá-la, por que não colocou outra pessoa que tenha formação na área? Se for um concursado ou outro cargo é proibido pegar a vaga para não acumular cargo, então está muito incoerente isso aí. (Luh Silva Sutil)

Quadro técnico nas pastas era a promessa do prefeito. Ahã… sei. (Meyrieli Carvalho)

Qual a qualificação dela para o cargo? Acumular cargo pode? E o salário, também acumula? Vice-prefeito não tem nenhuma função? Muitas perguntas para serem respondidas. (Carla Mendez)

Por isso que esse Brasil não vai pra frente com esses políticos, gente. Desempregados passando fome e eles não estão nem aí, só pensam neles. Mais cedo ou mais tarde eles vão dar conta a Deus. (Ana Marícia Corrêia)

Gente, com tantas pessoas da cultura qualificadas, esse delegado me nomeia uma capitã da PM para a pasta? É não dar um pingo de valor à Cultura. (Andre Varao)

Vamos ter uma parada de 7 de Setembro incrementada. Que piada gente!! (Leandro Maciel Costa)

Fique com Deus, Viradão Cultural. (Eduardo Oliveira)

Coitada da pasta da Cultura. É dessa forma que a identidade da sociedade é tratada, como algo que qualquer um pode fazer. (José Amaral Filho)

Parabéns pela escolha, Lorenzo Pazolini! A capitã é uma grande mulher, competente, tem ligação com a cultura e alma de artista. Fará uma grande gestão, tenho certeza! (Renata Nunes)

Ótima escolha! Parabéns, prefeito Lorenzo Pazolini. Certeza que a capitã Estéfane com toda sua sensibilidade fará uma ótima gestão e alavancará a cultura da Capital! (Stefan Souza)

Mas como assim a vice-prefeita vai ser secretária de Cultura? A política brasileira não é para amadores mesmo. (Junin Sena)

Será que não existe outra pessoa para ocupar esse cargo? (Maria Barbosa)

Ela vai assoprar e assoviar ao mesmo tempo?! (Raquel ST)

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.