ASSINE

Água chegou ao teto de casas em Castelo durante fortes chuvas

Moradores e comerciantes fazem a limpeza das casas e das lojas e contabilizam os prejuízos neste domingo, um dia após o município do Sul do Estado ser afetado pela chuva

Publicado em 26/01/2020 às 11h29
Atualizado em 26/01/2020 às 11h31
Roupas no varal cheias de barro na casa aposentada Delizete Ramos, moradora do bairro Baixo Itália, em Castelo. Crédito: Beatriz Caliman
Roupas no varal cheias de barro na casa aposentada Delizete Ramos, moradora do bairro Baixo Itália, em Castelo. Crédito: Beatriz Caliman

Um dia após as fortes chuvas que atingiram Castelo, no Sul do Estado, moradores e comerciantes fazem a limpeza das casas e das lojas e contabilizam os prejuízos neste domingo (26). A água chegou até o teto de algumas residências. Na casa da aposentada Delizete Ramos, no bairro Baixo Itália, às margens do Rio Castelo, o lustre e as roupas que estavam em um varal suspenso ficaram cheios de lama.

Delizete Ramos

Aposentada

"Moro aqui há 50 anos. Nunca vi algo assim. Dormi na casa da minha mãe, no segundo andar. Agora é limpar e ver o que fica"
A aposentada Delizete Ramos, moradora do bairro Baixo Itália, em Castelo, vê a marca da água, que foi até o teto da casa dela. Crédito: Beatriz Caliman
A aposentada Delizete Ramos, moradora do bairro Baixo Itália, em Castelo, vê a marca da água, que foi até o teto da casa dela. Crédito: Beatriz Caliman

O Rio Castelo, que corta a cidade, subiu cerca de oito metros. Diversos bairros na região central do município foram afetados pela enchente. A Defesa Civil ainda percorre a cidade para contabilizar o número de desalojados e desabrigados.

Duas unidades de saúde também foram afetadas e três pessoas ainda são consideradas desaparecidas, de acordo com a Defesa Civil.

Também no bairro Baixo Itália, o comerciante Paulo Cristiano Trol diz que o prejuízo foi de R$ 60 mil. "Tinha pegado o ponto há dois dias. Dá tristeza demais. Agora é limpar", disse o comerciante, que perdeu todas as frutas e verduras do mercado.

Comerciante Paulo Cristiano Trol no  bairro Baixo Itália, em Castelo. Crédito: Beatriz Caliman
Comerciante Paulo Cristiano Trol no bairro Baixo Itália, em Castelo. Crédito: Beatriz Caliman

O comerciante José Antônio Sartori, proprietário de uma loja de produtos agrícolas, ainda não contabilizou os prejuízos no estabelecimento. A água atingiu rações e outros itens agrícolas. "Coloquei os produtos em cima do balcão pois a água nunca chegou nesta altura", contou.

Água invadiu lojas e casas em Castelo

Loja de produtos agrícolas foi tomada pela água em Castelo
Loja de produtos agrícolas foi tomada pela água em Castelo. Beatriz Caliman
Loja de produtos agrícolas foi tomada pela água em Castelo
Loja de produtos agrícolas foi tomada pela água em Castelo. Beatriz Caliman
Roupas no varal cheias de barro na casa aposentada Delizete Ramos, moradora do bairro Baixo Itália, em Castelo
Roupas no varal cheias de barro na casa aposentada Delizete Ramos, moradora do bairro Baixo Itália, em Castelo. Beatriz Caliman
Lustre da casa da aposentada Delizete Ramos, moradora do bairro Baixo Itália, em Castelo, cheio de barro
Lustre da casa da aposentada Delizete Ramos, moradora do bairro Baixo Itália, em Castelo, cheio de barro. Beatriz Caliman
Casa afetada pela enchente em Castelo, no Sul do Estado
Casa afetada pela enchente em Castelo, no Sul do Estado. Beatriz Caliman
Comerciante Paulo Cristiano Trol no  bairro Baixo Itália, em Castelo
Comerciante Paulo Cristiano Trol no bairro Baixo Itália, em Castelo. Beatriz Caliman
Estabelecimento atingido pela água em Castelo
Estabelecimento atingido pela água em Castelo. Beatriz Caliman
Ponte foi levada pela água em Castelo, no Sul do Espírito Santo
Ponte foi levada pela água em Castelo, no Sul do Espírito Santo. Beatriz Caliman
Galhos e pedaços de madeira arrastados pela água em Castelo
Galhos e pedaços de madeira arrastados pela água em Castelo. Beatriz Caliman
Mulher tira lama de dentro de estabelecimento em Castelo, no Sul do Estado
Mulher tira lama de dentro de estabelecimento em Castelo, no Sul do Estado. Beatriz Caliman
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas. Beatriz Caliman
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas
Ruas de Castelo, no Sul do Estado, após as chuvas

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.