ASSINE

Vidigal foi o mais votado em 60 bairros da Serra; Fabio venceu em "casa"

Dos 62 bairros que possuem seção eleitoral, Vidigal foi vitorioso em quase todos no primeiro turno. Apenas Maringá e Mata da Serra, que são redutos de Fabio Duarte, não tiveram vitória do pedetista. Veja o mapa

Vitória
Publicado em 27/11/2020 às 12h19
Atualizado em 27/11/2020 às 12h19
Mapas resultados por cidade
Mapas do resultado do primeiro turno por bairro na Serra. Crédito: Arte A Gazeta

O candidato a prefeito da Serra Sergio Vidigal (PDT) foi o mais votado no primeiro turno das eleições em quase todas as regiões do município. Dos 62 bairros que possuem seções eleitorais, em 60 o vencedor foi Vidigal. Ele perdeu apenas nos bairros de Maringá, onde mora seu adversário no segundo turno, Fabio Duarte (Rede), e Mata da Serra, que fica ao lado. Na apuração dos votos, Vidigal foi escolhido por 47,46% do eleitorado da Serra, enquanto Fabio foi preferido por 19,39%. (Veja o mapa abaixo dos votos abaixo.)

Dos nove candidatos que disputaram o primeiro turno do pleito da Serra, somente os dois saíram como os mais votados em algum bairro do município. A maior vantagem foi registrada em Planalto Serrano, onde Vidigal teve 59,06% dos votos, o que representa 4.819 eleitores que deram preferência a ele. O bairro é o quarto maior colégio eleitoral da cidade, atrás de Jacaraípe, Feu Rosa e José de Anchieta. Votaram por lá, em 2020, 8.155 pessoas.

O bairro é um tradicional reduto de Vidigal e foi onde ele teve maior percentual de votos nas eleições de 2016. Neste ano, em Planalto Serrano, foi Vandinho Leite (PSDB) que chegou mais perto dos votos de Vidigal, com 1.317 votos.

Fabio Duarte teve maior percentual de votos em Mata da Serra, onde foi o escolhido de 34,44% dos eleitores do bairro, o que representa 806 votos. Lá, o segundo colocado foi Vidigal, preferido por 25,51% do eleitorado. O bairro teve um total de 2.340 votos em 2020.

Em Jacaraípe, o maior colégio eleitoral da Serra, onde 17.683 pessoas foram às urnas, Vidigal recebeu a confiança de 35,85% dos eleitores, com 6.340 votos. Foi lá que o pedetista escolheu instalar seu comitê central de campanha.

Curiosamente, Jacaraípe foi, em 2016, um dos maiores redutos do prefeito da Serra, Audifax Barcelos (Rede). Contudo, neste ano o candidato do atual prefeito teve 21,3% da preferência, o que representa 3.766 votos. Ficou atrás, portanto, de Vidigal.

Em Feu Rosa, que recebeu 14.415 eleitores em 2015, o mais votado também foi Vidigal, que conquistou 47,89% dos votos, que representa 6.903 pessoas. Vandinho Leite foi o segundo mais escolhido no bairro, com 2.404 votos (16,68%).

O bairro onde houve maior disputa foi em Parque Residencial Laranjeiras, em que 27,86% dos eleitores votaram em Vidigal e 17,92% votaram em Fabio, uma diferença de 368 votos entre os dois.

Para a Justiça Eleitoral o que vale, é claro, são os votos e não o número de bairros que o candidato vence. O mapa representa a preferência do eleitorado nos bairros em que votam e não nos bairros em que moram. Como nem todos os bairros têm seções eleitorais, alguns dados foram aglutinados para adequação no mapa disponibilizado pela prefeitura. Veja os bairros que tiveram os votos unidos neste levantamento.

  • Os votos da seção de Boa Vista foram computados em Boa Vista I
  • Os votos da seção de Carapina foram somados com o votos de Carapina Grande
  • Os votos das seções de Cidade Continental Ásia e Cidade Continental Oceania foram somados e colocados no bairro Cidade Continental
  • Os votos das seções de Planalto Serrano Bloco A e Planalto Serrano Bloco B foram somados e colocados em Planalto Serrano
  • Os votos da seção de Carapebus aparecem como Praia de Carapebus
  • Os votos da seção de Centro aparecem como Serra Centro
  • Os votos das seções de Jacaraípe aparecem como Residencial Jacaraípe
  • Os votos da seção de Putiri foram somados com os da seção de São Marcos II

DESEMPENHO DOS OUTROS CANDIDATOS

Terceiro mais votado no primeiro turno da Serra, Vandinho Leite não foi o mais votado em nenhum bairro, mas registrou melhor desempenho percentual em Santiago da Serra, onde obteve 27,7% dos votos e em Vista da Serra II, em que recebeu o apoio de 21,29%.

Alexandre Xambinho (Rede) teve sua melhor votação em seu reduto eleitoral, o bairro de Barcelona, onde teve 18,47% dos votos. Por lá, contudo, foi Vidigal o mais votado, com 35,29% dos eleitores da região.

Bruno Lamas (PSB) teve participação mais expressiva em Manguinhos, com uma votação de 16,03% do eleitorado do bairro. O mais votado na região também foi Vidigal, com 30,59% da preferência.

Já Gracimeri Gaviorno (PSC) teve seu melhor resultado no bairro Eurico Salles, onde foi a quarta mais votada, com 9,04% dos votos. Luciana Malini (PP) ficou em quarto lugar no bairro Cascata, bairro que recebeu 2,41% dos votos, seu melhor desempenho, percentualmente.

Delegado federal Márcio (MDB) obteve sua maior fatia de votos em José de Anchieta, bairro em que foi o quinto mais votado, com 3,69%. Ebinho Moraes (PCdoB) ficou em quinto lugar entre os candidatos de Campinho da Serra I, onde teve 1,23% dos votos.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.