ASSINE

Pesquisa Ipec: Casagrande se destaca entre católicos, idosos e pobres no ES

Atual governador, que tem 42% das intenções de voto, chega a 52% em alguns grupos. Já Manato e Contarato alcançam melhores números entre quem tem ensino superior

Tempo de leitura: 3min
Vitória
Publicado em 03/05/2022 às 18h16
Renato Casagrande, governador do ES: avaliação de eleitores segundo a pesquisa Ipec
Renato Casagrande, governador do ES: avaliação de eleitores segundo a pesquisa Ipec. Crédito: Arte A Gazeta

Na disputa pelo Palácio Anchieta nas eleições 2022, o governador Renato Casagrande (PSB) lidera a intenção de votos em todos os recortes. Ele porém atinge maiores índices entre os que se declararam católicos, os idosos e os mais pobres, que apresentam renda de até um salário mínimo.

É o que aponta a pesquisa eleitoral realizada pelo Ipec, a pedido da Rede Gazeta, divulgada na segunda-feira (2), em que Casagrande detém 42% das intenções de voto ao governo do Estado. 

A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. O Ipec é um instituto de pesquisa criado por ex-executivos do Ibope Inteligência, que encerrou suas atividades em 2021.

A análise dos recortes considera o cenário principal apresentado pelo Ipec, que traz na lista de possíveis concorrentes ao governo do Estado o pré-candidato do PSD, que é o ex-prefeito de Linhares, Guerino Zanon.

Neste contexto, Casagrande é mais bem aceito entre os mais pobres, com renda de até um salário mínimo, onde alcança 50% das intenções de voto.

Entre os católicos, a liderança do socialista chega a 47%. Mas o maior índice está entre as pessoas com mais de 60 anos, onde o atual governador atinge 52% das menções de voto.

SITUAÇÃO DOS OUTROS CONCORRENTES

O ex-deputado federal Carlos Manato (PL), que aparece com 11% das menções de voto na disputa ao governo, se destaca entre os eleitores que possuem ensino superior, em que alcança o percentual de 18% das intenções de voto; e entre as pessoas de 45 a 59 anos, chegando a 14%.

A situação é semelhante a do senador Fabiano Contarato (PT), que na intenção de voto no cenário principal está com 11%. Ele se destaca entre os que têm renda superior a cinco salários mínimos, chegando a 16% neste grupo; no segmento com idade entre 35 a 44 anos (16%), e também entre os eleitores com ensino superior (16%).

O ex-prefeito da Serra Audifax Barcelos (Rede), que na intenção de voto no cenário principal aparece com 7%, é mais apoiado por homens, segmento em que alcança 10%, o dobro do que ele registra entre as mulheres, grupo em que fica com 5%. Também é mais bem aceito entre quem tem renda entre 2 e 5 salários mínimos (10%) e acima de 5 salários (10%). Entre os evangélicos, alcança 10%.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.