ASSINE

Vídeo: casal brigava minutos antes de modelo ser incendiada na Serra

Imagens mostram Katiuscia Silva Mota e a namorada discutindo na segunda-feira (10); pouco depois a modelo aparece com o corpo em chamas

Publicado em 12/08/2020 às 15h12
Atualizado em 12/08/2020 às 15h16

Dois vídeos gravados pelas câmeras de segurança de um condomínio residencial da Serra mostram a modelo Katiuscia Silva Mota discutindo com a namorada, cerca de 50 minutos antes de aparecer com o corpo em chamas no hall de entrada do prédio, durante a noite da última segunda-feira (10).

O primeiro deles mostra a modelo de 31 anos indo atrás da companheira, às 18h05. No início, ela parece tentar pegar alguma coisa do bolso da jovem de 21 anos. Depois, tenta puxá-la para dentro do prédio. Ao perceber que estava sendo filmada, Katiuscia chega a fazer um sinal positivo para a câmera, antes de sair do local.

Modelo Katiuscia Silva Mota faz sinal para câmera, após ser flagrada brigando com a namorada
Modelo Katiuscia Silva Mota faz sinal para câmera, após ser flagrada brigando com a namorada. Crédito: Reprodução

Cerca de dois minutos depois, a modelo vai atrás da namorada, que já está no estacionamento do condomínio. Ambas começam a discutir de novo e a jovem chega a apertar a região das bochechas de Katiuscia. Novamente, em poucos segundos, elas se separam e tomam rumos distintos.

O que aconteceu entre essas situações registradas pelas câmeras e o momento em que a modelo aparece com o corpo em chamas ainda não foi totalmente esclarecido. Até a tarde desta quarta-feira (12), o que se sabe é a versão apresentada pela companheira da vítima, de que Katiuscia teria sido a responsável pelo incêndio.

"ELA RISCOU O ISQUEIRO TRÊS VEZES"

Em entrevista à TV Gazeta, a namorada de Katiuscia revelou que as duas teriam brigado por ciúmes, mas negou ter ateado fogo na modelo. Segundo ela, a própria vítima teria causado o incêndio, depois de quebrar frascos de um tipo de álcool utilizado para fabricação de perfumes e acender um isqueiro.

Namorada da modelo

Não quis ser identificada

"Ela pegou o meu material, que é inflamável, e jogou no chão. O líquido acabou caindo nela e em mim. Perguntei se ela ia colocar fogo em nós e tentei jogar fora o isqueiro, mas ela pegou. Na terceira tentativa, acabou incendiando "

Ainda de acordo com a jovem de 21 anos, as duas sofrem com crises de ansiedade e Katiuscia estava "muito alterada". Por esse motivo, a modelo tomou medicamentos que agravaram a briga entre elas. As duas estavam juntas há um ano. "Nunca iria fazer uma coisa dessas e queria esclarecer que não fiz isso", afirmou.

Katiuscia Mota está internada no hospital após ter o corpo queimado
Katiuscia Mota está internada no hospital após ter o corpo queimado. Crédito: Arquivo Pessoal

MÃE QUER INVESTIGAÇÃO

Na terça-feira (11), a mãe da modelo afirmou não acreditar na versão apresentada pela companheira da filha e garantiu que pedirá para o caso ser investigado pela Polícia Civil. Por enquanto, a Marilza Silva Mota aguarda Katiuscia melhorar para ouvir a explicação da modelo. "Ela ainda está muito confusa, mas vou confiar no que ela me falar", disse.

Segundo a mãe, a modelo teve 50% do corpo queimado, mas o quadro de saúde dela é considerado estável. Até essa quarta-feira (12), a Katiuscia segue internada no Hospital Doutor Jayme Santos Neves.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.