ASSINE

Suspeito de chacina em Vila Valério e de matar empresário é preso

Jovem de 20 anos disse que participou da chacina que matou quatro pessoas da mesma família em janeiro, e do latrocínio de empresário em fevereiro. Ele foi preso nesta sexta-feira (18)

Tempo de leitura: 3min
Colatina
Publicado em 18/03/2022 às 18h33
Polícia prende suspeito de matar família em chacina e assassinar empresário em Vila Valério
Polícia prende suspeito de matar família em chacina e assassinar empresário em Vila Valério. Crédito: SESP | Divulgação

Um jovem de 20 anos foi preso, na manhã desta sexta-feira (18), no bairro Boa Vista, em Vila Valério, no Noroeste do Espírito Santo, suspeito da morte do empresário Clayton Favoreto, de 45 anos, em um assalto, e de ser um dos autores de uma chacina que matou quatro pessoas de uma mesma família, ambos ocorridos neste ano no município. Em depoimento na delegacia, ele confessou participação nos assassinatos.

Assim como outros três envolvidos na chacina, o suspeito já havia sido identificado pela polícia. “Quando tomamos conhecimento de que o indivíduo estava em Vila Valério, organizamos uma operação para realizar sua prisão. Ele estava dentro de casa, e não resistiu à prisão”, relatou o titular da Delegacia de São Gabriel da Palha, delegado Rafael Caliman. 

A prisão contou com a participação de policiais civis da Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha e de policiais militares da 18ª Companhia Independente.

Além dos crimes confessados, segundo a Polícia Civil, o indivíduo tinha mandado de prisão temporária por outro crime, expedido pela Vara Única de Jaguaré. Na residência onde ele foi preso, os policiais encontraram nove buchas de maconha prontas para venda. Por isso, ele também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Após ser ouvido na delegacia, o suspeito, que não teve o nome divulgado, foi encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Domingos do Norte.

CHACINA: POLÍCIA SUSPEITA DE QUEIMA DE ARQUIVO

O suspeito confirmou que foi um dos autores da chacina no dia 24 de janeiro deste ano, afirmando que atirou contra uma das vítimas. Clauzira Flegler, de 41 anos, e os dois filhos dela — Leandro Flegler, 22, e Karine Flegler, 15 . Também foi assassinado o namorado da adolescente, Vinicius Silva Pinto, 25,. O crime ocorreu na localidade de Córrego Flor de Maio, na zona rural de Vila Valério.

Karine Flegler, 15; a mãe dela, Clauzira Flegler, de 41 anos; o irmão Leandro Flegler, e o namorado de Karine, Vinicius Silva Pinto, de 25 anos.
Karine Flegler, 15; a mãe dela, Clauzira Flegler, de 41 anos; o irmão Leandro Flegler, e o namorado de Karine, Vinicius Silva Pinto, de 25 anos. Crédito: Acervo pessoal

Na ocasião, vizinhos informaram que viram quando quatro homens chegaram em duas motos. Em seguida, foram ouvidos disparos. O alvo seria o namorado da adolescente, Vinícius A suspeita do delegado que investiga o caso, Rafael Caliman, é que a família tenha sido morta por queima de arquivo.

Dois outros suspeitos de envolvimento na chacina foram mortos em confronto com a polícia. O homem preso nesta sexta (18) confirmou que os dois suspeitos mortos em confronto participaram do crime em Vila Valério, e um deles também participou da morte do empresáro.

A investigação segue em andamento na Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha com o objetivo de localizar o quarto envolvido no quádruplo homicídio, que já foi identificado e segue foragido.

EMPRESÁRIO VÍTIMA DE LATROCÍNIO

O preso também afirmou que cometeu o latrocínio — roubo seguido de morte — de Clayton Favoreto, de 45 anos, em 3 de fevereiro deste ano, também em Vila Valério. O empresário foi morto com nove tiros, em diferentes partes do corpo: no braço direito, no pescoço e na cabeça.

O empresário Claiton Favoreto tinha 45 anos
O empresário Claiton Favoreto tinha 45 anos. Crédito: Reprodução/Redes Sociais

Uma testemunha contou aos policiais que ele estava na porta de um bar quando dois homens chegaram ao local em uma moto, pediram a chave do carro dele e realizaram os disparos. Na ocasião, os assassinos fugiram do local levando o carro da vítima.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.