ASSINE

Chacina em Vila Valério: suspeito é morto em confronto com a polícia

Jeremias da Penha Lima é apontado com um dos executores na chacina que matou quatro pessoas na quinta (23). Outros três suspeitos já foram identificados, mas não localizados

Tempo de leitura: 2min
Colatina
Publicado em 25/02/2022 às 19h11
Karine Flegler, 15; a mãe dela, Clauzira Flegler, de 41 anos; o irmão Leandro Flegler, e o namorado de Karine, Vinicius Silva Pinto, de 25 anos.
Karine Flegler, 15; a mãe dela, Clauzira Flegler, de 41 anos; o irmão Leandro Flegler, e o namorado de Karine, Vinicius Silva Pinto,  25, foram mortos. Crédito: Acervo pessoal

O suspeito de ser um dos executores da chacina que matou quatro pessoas em Vila Valério, Noroeste do Estado, foi morto em um confronto com policiais civis em Jaguaré nesta sexta-feira (25). De acordo com a Polícia Civil, o suspeito foi identificado como Jeremias da Penha Lima. O inquérito  da Delegacia de Polícia de São Gabriel da Palha, que investiga o crime, aponta que Jeremias era um dos quatro executores da chacina. Os outros três suspeitos já foram identificados, mas ainda não foram localizados. Os nomes não foram divulgados pela corporação.

Uma equipe da Delegacia de Polícia de Jaguaré realizava diligências no bairro Fátima, após ter recebido informações que indicavam que os suspeitos estariam escondidos naquele local. Jeremias viu os policiais e entrou em confronto com eles, que revidaram, atingindo o investigado. 

O suspeito morreu no local. Com ele, os policiais apreenderam um revólver que foi usado pelo suspeito no confronto. Segundo a Polícia Civil, Jeremias foi condenado pelo crime de tráfico de drogas, mas estava foragido. Ele também era investigado por envolvimento em um latrocínio e um homicídio cometidos em Jaguaré.

O corpo do suspeito foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares para ser submetido a necropsia e, posteriormente, será liberado para os familiares. A corporação informou que as investigações seguem em andamento para localizar os outros suspeitos.

A CHACINA

A chacina ocorreu na manhã de quinta-feira (26), no Córrego Flor de Maio, na zona rural do município. Clauzira Flegler, de 41 anos; os filhos dela, Leandro Flegler, 22, e Karine Flegler, 15; e o namorado de Karine, identificado como Vinicius Silva Pinto, 25, foram mortos a tiros dentro da propriedade da família. O alvo seria o namorado da adolescente. A suspeita do delegado é que a família tenha sido morta por queima de arquivo.

Quatro pessoas são encontradas mortas em Vila Valério
Casa onde ocorreu o crime. Crédito: Gabriela Fardin

De acordo com o delegado Rafael Caliman, titular da Delegacia de São Gabriel da Palha, vizinhos informaram que viram quando quatro homens chegaram em duas motos. Em seguida, foram ouvidos disparos.

Os corpos de Karine e de Vinícius estavam no interior da residência, no quarto. Já os corpos de Clauzira e Leandro ficaram caídos na plantação de pimenta, a cerca de 30 metros da casa. O delegado afirmou que mãe e filho ainda tentaram fugir pela janela, mas foram alcançados pelos criminosos.

A Polícia Militar foi acionada por volta da 7 horas pelos vizinhos, que também ligaram para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas a equipe confirmou que todos já estavam mortos.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.