ASSINE

Fiscais são agredidos ao checar denúncia de aglomeração em restaurante de Colatina

De acordo com a Prefeitura de Colatina, fiscais foram ao local após denúncia de aglomeração no estabelecimento e foram recebidos com agressões verbais pelo responsável pelo restaurante, que chegou a dar um tapa no rosto em um dos servidores

Colatina
Publicado em 11/01/2021 às 11h06
Viatura da Polícia Militar
Colatina: fiscais são agredidos em inspeção contra o novo coronavírus. Crédito: Fernando Madeira

Uma equipe da Prefeitura Municipal de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, foi agredida durante a fiscalização do cumprimento de medidas restritivas contra o novo coronavírus, na noite de sexta-feira (8). De acordo com a administração municipal, os agentes foram ao estabelecimento após denúncias de que no local haveria aglomeração e acabaram sendo agredidos pelo responsável pelo restaurante.

Segundo registro da Polícia Militar, quando chegaram ao local, dois fiscais não tiveram oportunidade de dialogar com o dono do restaurante e começaram a ser agredidos verbalmente pelo responsável pelo estabelecimento. O homem, segundo a ocorrência, ofendeu os servidores com as seguintes palavras: “Malandros, vagabundos, vocês não têm o que fazer. Estão tirando dinheiro de quem quer trabalhar”.

Em seguida, o homem deu um tapa no rosto de um dos fiscais, estragando a sua máscara. Quando ele foi repreendido pelo outro servidor, também bateu no rosto dele, arrancando a sua máscara e um brinco. O homem foi retirado do local por outras pessoas e não estava no restaurante quando os militares chegaram.

Em nota publicada na noite deste domingo (10), a Secretaria Municipal de Saúde de Colatina manifestou seu repúdio contra as agressões físicas e verbais sofridas pela equipe de fiscalização sanitária.

Segundo a administração municipal, a equipe foi até o restaurante para verificar a denúncia feita ao Disque Denúncia da Covid-19 de que o estabelecimento também estaria funcionando com atendimento presencial em horário não permitido pelo protocolo do governo do Estado.

De acordo com o Mapa de Risco, Colatina está em risco alto para disseminação da Covid-19. Sendo assim, o município precisa cumprir uma série de medidas para evitar a propagação da doença. A portaria estadual determina que, nos municípios que estão em risco alto, os restaurantes só podem funcionar até às 20h.

Novo mapa traz oito cidades do ES em risco alto
Novo mapa traz oito cidades do ES em risco alto. Crédito: Divulgação/Governo do ES

“A Secretaria de Saúde e a Prefeitura de Colatina solidarizam-se com os integrantes da equipe, que fazem este trabalho tão importante na linha de frente no combate ao vírus, e informa que vai prestar toda a assistência. Também iremos reforçar a segurança destas equipes, para que o trabalho seja ainda mais rigoroso contra aqueles que desrespeitam as leis e os protocolos da pandemia. A Procuradoria Geral do município também irá tomar todas as medidas legais possíveis neste caso. Agressões físicas e verbais não nos intimidarão. A luta contra o Covid-19 será sempre mais importante.”, disse a nota. 

Em nota, a Polícia Civil informa que o caso seguirá sob investigação da Delegacia Especializada de Infrações Penais e Outras (DIPO) de Colatina. Até o momento nenhum suspeito foi detido.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.