ASSINE

"Eles me mataram junto", diz mãe de adolescente morto em Vila Velha

Auxiliar de serviços gerais falou nesta sexta-feira (30) sobre a morte do filho, o garoto de 13 anos encontrado morto em Cobi de Baixo

Publicado em 30/07/2021 às 20h01
Adolescente foi assassinado a tiros em Vila Velha
Adolescente foi assassinado a tiros em Vila Velha nessa quinta-feira (29). Crédito: Reprodução | TV Gazeta

"Eles destruíram uma parte de mim, me mataram junto." A fala carregada de dor e tristeza é da mãe do adolescente de 13 anos que foi encontrado morto no bairro Cobi de Baixo, em Vila Velha, nessa quinta-feira (29). Ainda muito abalada pela perda, e por vezes segurando o choro, ela concedeu uma entrevista exclusiva para A Gazeta horas depois do enterro do garoto, realizado no início da tarde desta sexta-feira (30), no cemitério Parque da Paz, que fica no mesmo município. 

Mãe do adolescente

Auxiliar de serviços gerais

"Meu sonho sempre foi ter um casal de filhos. Deus realizou o meu sonho e, agora, tiraram um pedaço dele de mim"

Desde que recebeu a notícia da morte do menino, por meio de um telefonema feito por uma pessoa desconhecida, a auxiliar de serviços gerais afirma que não consegue comer e nem dormir direito. "Está doendo em mim. É horrível. É muito triste perder um filho. Eu não desejo isso para ninguém", desabafou.

Sem ter suspeita da motivação do crime, ela espera que a polícia descubra o que aconteceu e garante que o adolescente não tinha relação com o tráfico de drogas. "Eu quero que o meu filho seja lembrado pelo o que ele sempre foi: um menino bom. Ele fazia futebol, estudava... Todo mundo gostava dele", disse.

HOMENAGEM E PEDIDO POR PAZ

Entre as atividades que o menino fazia estava o jiu-jitsu. A arte marcial japonesa era praticada no Projeto Zoe, localizado no bairro vizinho de São Torquato. Na noite dessa quinta-feira (29), o treino foi substituído por uma homenagem. Crianças, adolescentes e adultos andaram pela região orando e pedindo por paz.

"Nós sabemos que ele era um menino maravilhoso e não estou falando isso porque ele foi assassinado. Ele sempre teve um potencial muito grande de ter um fim diferente do que teve. Ele foi acometido pela maldade que tem estado nas ruas. São dias tristes", afirmou Maykon Bayer Freitas, que organizou o ato.

Integrantes de projeto social prestam homenagem à Samuel Gonçalves Dias

Mãe do homenageado, a auxiliar não pode comparecer porque ainda estava resolvendo pendências da liberação do corpo do filho, junto à Polícia Civil. Ainda assim, segundo a organização, cerca de 60 pessoas participaram da pequena caminhada entre a sede do projeto e o local onde o corpo foi encontrado.

"Ninguém foi obrigado, mas todos o conheciam. Juntos, fizemos vários balões com 'paz' escrito. Clamamos em homenagem. Queremos paz na vida desses jovens, para mais nenhuma lágrima cair ou vida ser perdida. Queremos que eles possam ser adultos que combatam a violência com amor", disse Maykon.

SEQUESTRADO POR TRAFICANTES APÓS ESFAQUEAR VIZINHA: RELEMBRE O CASO

Durante a madrugada da quinta-feira (29), o adolescente pediu a uma vizinha para passar a noite na casa dela, porque teria discutido com a mãe. A mulher de 29 anos o acolheu, mas acordou sendo esfaqueada pelo adolescente. Ela levou oito facadas, mas conseguiu se desvencilhar e passa bem.

A mulher sofreu ferimentos nas mãos e também no pescoço com as facadas dadas por adolescente em Vila Velha
Mulher esfaqueada por adolescente em Vila Velha. Crédito: Kaique Dias

Porém, horas depois, por volta das 10h30, o garoto foi encontrado morto em uma rua de Cobi de Baixo, em Vila Velha. O corpo dele apresentava hematomas e perfurações causadas por disparos de arma de fogo. A área foi isolada pela polícia, e o cadáver levado ao Departamento Médico Legal de Vitória.

Segundo informações obtidas pela TV Gazeta, antes de ser assassinado, ele teria sido sequestrado por traficantes. Em vídeos, é possível vê-lo sentado no chão, contando que esfaqueou a vizinha a mando de outra mulher. Também dá para ouvir pessoas ao redor dizendo que não iriam mais bater nele.

Menino de 13 anos foi sequestrado por traficantes

A INVESTIGAÇÃO

Investigações iniciais apontaram que ele teria sido morto no alto de um morro da região, a cerca de 300 metros do local para onde o corpo foi arrastado, em Cobi de Baixo. Na parte alta do bairro, os policiais encontraram marcas de sangue e cápsulas de balas de arma de fogo deflagradas, indicando os tiros.

Em nota, a Polícia Civil informou que o caso está sob investigação da Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Vila Velha e que nenhum suspeito foi detido até a tarde desta sexta-feira (30). Outras informações não foram passadas para evitar atrapalhar a apuração dos fatos.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.