ASSINE

Dólar a R$ 5,50 pressiona preços de alimentos como arroz, café e pão

Com o alto custo dos insumos importados, fabricantes estão preocupados porque o repasse para o preço final no varejo pode espantar o consumidor

Publicado em 25/02/2021 às 17h31
Atualizado em 25/02/2021 às 20h01
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado: preços devem subir mais. Crédito: Fernando Madeira

alta do dólar tem pressionado indústrias de alimentos como café, trigo e arroz. O movimento preocupa os fabricantes porque o repasse para o preço final no varejo pode espantar o consumidor. A moeda americana fechou em R$ 5,51 nesta quinta-feira (25).

Celírio Silva, diretor da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), diz que a nova alta de custos ainda não chegou às prateleiras, mas não é possível saber até quando.​ Segundo ele, o câmbio tem afetado principalmente os insumos da produção.

No arroz, cujos preços explodiram em 2020, a pressão inflacionária ainda persiste, segundo Andressa Silva, diretora da Abiarroz.

Rubens Barbosa, presidente da Abitrigo, associação das indústrias do trigo usado em produtos como o pãozinho e o macarrão, diz que os moinhos vêm enfrentando aumento nos custos de importação do insumo, mas a maioria ainda está segurando os repasses porque tem receio de perder consumidores neste momento. A entidade diz que a rentabilidade do setor está em queda e não faz previsões de preços futuros.

Segundo Thiago Berka, economista da Apas (associação de supermercados), em geral, o dólar precisa ficar 60 dias em patamar mais alto para gerar inflação. Ele diz que espera acomodação nos preços após a forte aceleração para o setor em 2020, de 15%.

CRESCIMENTO DA COVID-19 TAMBÉM DEVE PRESSIONAR MAIS OS PREÇOS

Outro fator que deve seguir pressionando os preços é a pandemia do coronavírus. Pelo menos nos próximos meses, os consumidores devem continuar sentindo no bolso um aumento generalizado nos preços, que vai desde os alimentos, que têm pressionado o orçamento familiar, até o preço de produtos como eletrodomésticos.

A avaliação de analistas é que a retomada em "V", comemorada há poucos meses, pode já estar perdendo fôlego em meio às incertezas quanto à segunda onda da pandemia, que se alastra rapidamente pela região Norte com uma nova cepa do coronavírus, e está longe de ser contida no ritmo atual de vacinação no país.

Para 2021, a previsão é de aumento generalizado nos preços de vários produtos. Os combustíveis e o gás de cozinha, por exemplo, estão com os preços em alta e devem continuar encarecendo a medida que o barril de petróleo e dólar se valorizam.

No Espírito Santo, o litro da gasolina já é vendido a R$ 5,70. O diesel mais caro também pressiona os preços dos alimentos, já que os custos do frete rodoviário sobem. 

Itens da cesta básica no supermercado

Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado. Fernando Madeira
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado
Itens da cesta básica no supermercado

A custo da energia elétrica também deve subir mais. O volume de chuva abaixo do esperado nos últimos meses do ano passado comprometeu os reservatórios e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) determinou o acionamento das usinas térmicas, que têm um custo maior para gerar energia. Esse gasto adicional será repassado na conta de luz.

Em Manaus (AM), a disseminação de novas variantes da Covid freou a produção da indústria da Zona Franca neste início de ano, num momento em que as fábricas estavam a todo vapor. Indústrias que não trabalham com itens essenciais – como alimentos, produtos de higiene pessoal e limpeza, insumos farmacêuticos, entre outros – tiveram seu funcionamento severamente restrito em janeiro por causa do agravamento da crise sanitária.

Fabricantes de eletroeletrônicos calculam que tenham perdido entre 30% e 40% na produção, o que deve impactar no preço dos mais variados produtos. É na Zona Franca que são produzidos, por exemplo, os televisores, aparelhos de ar-condicionado e motocicletas comercializados no país, bem como boa parte dos telefones celulares, notebooks e fornos de micro-ondas. Com isso, os preços destes produtos no país também deve sofrer um choque.

Inflação Crise Econômica Alimentos Dólar

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.