ASSINE

Bolsonaro pode repetir Dilma ao interferir na gasolina e energia. Entenda

Presidente mexeu no comando da Petrobras visando controlar o preço da gasolina e disse que também vai "meter o dedo" para reduzir a conta de energia. Custo dessas intervenções deve, mais uma vez, ser alto e pesar no bolso dos brasileiros

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 23/02/2021 às 02h00
Atualizado em 23/02/2021 às 02h04

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.