ASSINE

Veja as regiões do ES que devem ir primeiro para o risco muito baixo

Novo patamar na matriz de risco do Estado, que começará a valer em novembro, poderá ser alcançado de acordo com cobertura vacinal de cada microrregião administrativa do Estado. Entenda

Publicado em 06/10/2021 às 21h06
Vacinação de jovens contra a Covid
Vacinação é principal critério para entrada no risco muito baixo. Crédito: Myke Sena/Ministério da Saúde

Com a mudança no Mapa de Risco da Covid-19 anunciada na noite desta quarta-feira (6) pelo governador Renato Casagrande, algumas microrregiões administrativas do Espírito Santo podem integrar, a partir de 8 de novembro, a recém-criada classificação de risco muito baixo. Para isso, é preciso que todos os municípios que as integram alcancem metas específicas de vacinação.

Segundo dado apresentado durante pronunciamento nesta quarta, as cidades que integram a microrregião Sudoeste Serrana têm o potencial de serem as primeiras a irem para essa nova classificação de risco. Essa microrregião é a que tem, atualmente, os índices mais altos de cobertura vacinal. Ela é composta pelos seguintes municípios:

Nesta fase, as medidas qualificadas aplicadas aos demais riscos (baixo, moderado, alto e extremo) serão extintas, não havendo restrições para atividades econômicas, sociais e culturais. Os municípios, porém, deverão permanecer com a recomendação do uso das máscaras.

Os critérios do governo para que os locais atinjam essa classificação nova, que terá a cor azul, são:

  • 90% de vacinação com duas doses ou dose única de adultos com mais de 18 anos;
  • 80% de vacinação com pelo menos uma dose de adolescentes entre 12 e 17 anos;
  • 80% de vacinação de idosos com a dose de reforço;
  • Todos os municípios da região têm que disponibilizar um local de testagem livre. 

Veja como está a cobertura vacinal em cada microrregião administrativa do Estado:

Nas cidades em risco muito baixo será possível, por exemplo, a realização de shows e eventos com capacidade total de público, seja em locais abertos ou fechados. No risco baixo, esses eventos poderão acontecer apenas com 50% da capacidade, limitado a 1.200 pessoas em locais fechados.

QUAIS CIDADES COMPÕEM CADA MICRORREGIÃO ADMINISTRATIVA DO ESTADO

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.