ASSINE

Navio atracado no Porto de Vitória registra caso de coronavírus

O tripulante, mesmo estando assintomático, foi encaminhado para um hospital para serem feitos os registros necessários

Publicado em 07/05/2020 às 07h25
Vista aérea do Porto de Vitória
Vista aérea do Porto de Vitória. Crédito: Codesa/Divulgação

Um navio atracado no Porto de Vitória, que passa por desinfecção geral a ser concluída na próxima sexta-feira (8), registrou um caso de contaminação por coronavírus em um dos 18 tripulantes a bordo. A informação foi divulgada pela Codesa. Segundo a companhia, todos tinham sido testados negativo no exame rápido, mas com o resultado do laboratório, divulgado nesta quarta-feira (6), foi constatado um caso positivo.

O tripulante, mesmo estando assintomático, foi encaminhado para um hospital para serem feitos os registros necessários. A Anvisa, a Autoridade Portuária e o agente portuário acompanham todo o procedimento, de acordo com a Codesa.

A embarcação veio da Bacia de Campos e, numa troca de tripulação feita no Rio de Janeiro, o procedimento de saída realizou o PCR – teste de laboratório, em solo, nos sete trabalhadores que desembarcaram naquele estado. Mas o resultado só saiu quando o navio já estava atracado em Vitória, sinalizando positivo para um dos sete.

Este vídeo pode te interessar

A embarcação chegou em Vitória no dia 29 de abril. De acordo com a Codesa, a Anvisa foi acionada, liderando o início do protocolo da nota técnica, que orienta que toda tripulação seja testada a bordo e que sejam providenciados os devidos cuidados com sintomáticos e assintomáticos, assim como determina a sanitização de todas as instalações do navio.

No sábado (02), todos os 64 tripulantes foram submetidos ao teste rápido e os resultados foram negativos. Também foram realizadas coleta de material para teste laboratorial. Quarenta e seis deixaram a embarcação, através de um túnel de sanitização, e foram encaminhados para um hotel, onde ficarão de quarentena, conforme o protocolo da Anvisa. Os outros 18, compondo equipe mínima, ficaram no navio para a manutenção e segurança da embarcação e agora um destes apresentou resultado positivo.

O Comitê de Prevenção e Mitigação à Covid-19 da Codesa garante que acompanhando todos os procedimentos realizados, sob total supervisão da Anvisa, que garantem a adoção de todas as medidas protocolares, sem falhas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.