ASSINE

Espírito Santo registra pior taxa de isolamento desde o dia 8 de maio

O isolamento social é a melhor e única forma comprovada de conter a pandemia do novo coronavírus. Levantamento dessa terça (19) mostra uma queda na taxa de isolamento; mais da metade das pessoas não permaneceram em suas residências

Publicado em 20/05/2020 às 21h04
Atualizado em 21/05/2020 às 20h01
Data: 07/05/2020 - Vila Velha - Pessoas circulando pelo calcadão de Itaparica, em Vila Velha - Editoria: Cidades - Foto: Ricardo Medeiros - GZ
Medidas de distanciamento social são recomendadas ara conter a pandemia. Crédito: Ricardo Medeiros

Espírito Santo registrou a pior taxa de isolamento social desde o dia 8 de maio, quando apenas 45,9% da população permaneceu dentro de suas residências. As informações divulgadas nesta quarta-feira (20) pelo Governo do Estado mostram que a taxa chegou a 46,5% nessa terça-feira (19), a mais baixa nos últimos 11 dias. O número registrado demonstra, na prática, que a cada 10 pessoas, mais de cinco saíram de casa, ação que favorece a contaminação por Covid-19.

Naturalmente mais alta nos finais de semana, a taxa de isolamento chegou a ultrapassar os 56% no domingo (17). Na segunda (18), o índice teve baixa superior a 9 pontos percentuais, chegando a 47% de isolamento. O decrescimento voltou a ser registrado na terça-feira (19).

Se considerados os mesmos dias da semana, 19 de maio foi a terça-feira com índice mais baixo em todo o mês. No dia 5, quando o Painel Covid-19 registrava um número de casos confirmados no Espírito Santo inferior a cinco mil, a taxa de isolamento foi de 46,6%. Uma semana depois, no dia 12, o índice foi de 47,4%.

O levantamento dos dados é feito pelo Governo do Estado em parceria com operadores de telefonia móvel, que monitoram diariamente o índice de isolamento social em todo o território capixaba. A porcentagem descrita na tabela representa o número de pessoas que permaneceram em casa durante o dia.

ÁGUIA BRANCA E BOM JESUS DO NORTE SÃO DESTAQUES

Entre as taxas de isolamento dos 78 municípios capixabas, Águia Branca e Bom Jesus do Norte estão em situações opostas. Segundo os números dessa terça-feira (19), Águia Branca registrou o maior índice do Espírito Santo, com 68,2%.

Por outro lado, o município de Bom Jesus do Norte registrou o pior número. A cidade que já teve 37,2% ainda em maio, registrou 39,1% nesta terça-feira (19). O número é o menor dos últimos 8 dias na cidade. Entidades da saúde recomendam um índice superior a 70% para combate à Covid-19.

CONFIRA OS ÍNDICES DO LEVANTAMENTO DESTA TERÇA-FEIRA (19):

  • Afonso Cláudio: 53,4%
  • Água Doce do Norte: 65,4%
  • Águia Branca: 68,2%
  • Alegre: 54,5%
  • Alfredo Chaves: 59,2%
  • Alto Rio Novo: 65%
  • Anchieta: 50,1%
  • Apiacá: 54,8%
  • Aracruz: 43,7%
  • Atílio Vivacqua: 53,9%
  • Baixo Guandu: 50,4%
  • Barra de São Francisco: 47,3%
  • Boa Esperança: 64,5%
  • Bom Jesus do Norte: 39,1%
  • Brejetuba: 54,9%
  • Cachoeiro de Itapemirim: 41,5%
  • Cariacica: 42,6%
  • Castelo: 47,4%
  • Colatina: 41,3%
  • Conceição da Barra: 53,9%
  • Conceição do Castelo: 48,6%
  • Divino de São Lourenço: 62,3%
  • Domingos Martins: 55,9%
  • Dores do Rio Preto: 57,4%
  • Ecoporanga: 59,2%
  • Fundão: 53,5%
  • Governador Lindenberg: 56,6%
  • Guaçuí: 46,5%
  • Guarapari: 46%
  • Ibatiba: 53,7%
  • Ibiraçu: 49,8%
  • Ibitirama: 64,9%
  • Iconha: 49,8%
  • Irupi: 54,2%
  • Itaguaçu: 58,5%
  • Itapemirim: 46,5%
  • Itarana: 54,7%
  • Iúna: 54,1%
  • Jaguaré: 50,7%
  • Jerônimo Monteiro: 60,3%
  • João Neiva: 54,2%
  • Laranja da Terra: 59,2%
  • Linhares: 42,1%
  • Mantenópolis: 63,3%
  • Marataízes: 48,7%
  • Marechal Floriano: 61%
  • Marilândia: 54,5%
  • Mimoso do Sul: 54,9%
  • Montanha: 55,9%
  • Mucurici: 62,8%
  • Muniz Freire: 64,3%
  • Muqui: 57,2%
  • Nova Venécia: 46,8%
  • Pancas: 66,9%
  • Pedro Canário: 54,6%
  • Pinheiros: 49,4%
  • Piúma: 48,3%
  • Ponto Belo: 59,1%
  • Presidente Kennedy: 56,1%
  • Rio Bananal: 60,9%
  • Rio Novo do Sul: 57,6%
  • Santa Leopoldina: 58,4%
  • Santa Maria de Jetibá: 52,2%
  • Santa Teresa: 56,4%
  • São Domingos do Norte: 55,7%
  • São Gabriel da Palha: 48%
  • São José do Calçado: 64,2%
  • São Mateus: 43,4%
  • São Roque do Canaã: 57,7%
  • Serra: 42,6%
  • Sooretama: 52,6%
  • Vargem Alta: 58,8%
  • Venda Nova do Imigrante: 52,3%
  • Viana: 46%
  • Vila Pavão: 55,6%
  • Vila Valério: 55,9%
  • Vila Velha: 45,8%
  • Vitória: 46,5%

CORONAVÍRUS NO ES

O Espírito Santo registra, até a noite desta quarta-feira (20), 346 mortes e 8.495 casos confirmados do novo coronavírus, segundo informações do Painel Covid-19. De acordo com os dados da plataforma, 21 óbitos e 802 confirmações foram registradas nas últimas 24h.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.