ASSINE

De medidas sanitárias a acesso ao Convento: veja regras da Festa da Penha

Transporte por carros ao campinho está proibido devido ao grande número de fiéis neste período. Veja todos os detalhes

Tempo de leitura: 3min
Vitória
Publicado em 16/04/2022 às 09h28
Reforma no Convento da Penha
Convento da Penha, palco da maior festa religiosa do Estado. Crédito: Carlos Alberto Silva

Já embalados com a aura de devoção da Festa da Penha, os fiéis vivem a expectativa de participar, enfim, de uma programação presencial, após duas edições com atividades predominantemente virtuais.

Mesmo com a liberação do uso de máscaras em locais públicos e fechados pelo governo do Estado,  a organização do evento mantém algumas recomendações, apesar de não impor esses cuidados, segundo explica  o Frei Djalmo Fuck, guardião do Convento.

Frei Djalmo Fuck

Guardião do Convento

" A Comissão Organizadora da Festa da Penha seguirá a orientação do governo do Estado, bem como as recomendações da Arquidiocese de Vitória, no sentido de que o uso da máscara não é mais obrigatório. Quem se sentir inseguro pode ficar à vontade para utilizar a máscara, o importante é estar confortável. Também vale destacar que vamos manter a programação virtual do evento. Então, quem não se sentir seguro vai poder acompanhar a nossa programação de casa, através das redes sociais do Convento e veículos parceiros."

Veja a seguir o que já foi definido para o evento, que acontece deste domingo (17) a 25 de abril.  

Acesso de carros fica proibido

Desde o dia 09, em razão do crescente número de pedestres que sobem ao Convento, ficou totalmente proibida a subida de carros particulares ao Campinho do Convento, durante a semana e nos fins de semana.

A nova regra de restrição vale também para as equipes de liturgia, cantores e ministros da Eucaristia, que poderão usar gratuitamente o serviço de vans, sem necessidade de filas.

A única exceção para subir de carro ao Convento são pessoas com mobilidade reduzida extrema, controlada rigorosamente pelos porteiros.

Vans para o transporte

O local oferece serviço de transporte em vans com valores acessíveis. Subida e descida: R$ 5,00. Apenas subida ou apenas descida: R$ 3,50.

Formas de pagamento: dinheiro, Pix ou PicPay. Os bilhetes podem ser adquiridos na portaria do Convento e no ponto de embarque e desembarque localizado no Campinho.

Caminhada é opção

O acesso pode ser feito também caminhando, seja pela Estrada Principal, de 1.200 metros, seja pela “Ladeira da Penitência”, com 500 metros de subida íngreme.

Distanciamento é recomendado

Não haverá controle em relação ao distanciamento. A organização do evento incentiva os fiéis para que, de modo consciente, mantenham esse afastamento, evitando aglomeração.

Há uma tenda instalada no Campinho, que oferece espaços sombreados. Antes da tenda, os fiéis buscavam abrigo embaixo de árvores, o que provocava justamente alguns pontos de maior ajuntamento de pessoas. Com a tenda, que permanecerá durante a Festa, o público fica mais espalhado. Lá tem, ainda, em torno de 300 cadeiras.

Santuário reformado

Haverá atividade no Santuário, que passou por meses de obras de restauração e manutenção do piso, forro e pintura interna. O local estará aberto à visitação e também para participações nas celebrações eucarísticas.

Reforma no Convento da Penha
Convento da Penha passou por reforma no piso, paredes internas e externas. Crédito: Carlos Alberto Silva

Vacinação

Seguindo a nova diretriz sanitária, não será exigido passaporte vacinal.  A recomendação é que  pessoas não vacinadas avaliem a sua participação, mas não haverá regras impostas.

Álcool em gel

Há dispensers distribuídos por todo o Convento para que as pessoas continuem a higienizar as mãos. Esse cuidado será mantido durante a Festa da Penha.

A organização reforça que incentiva os fiéis a continuarem se cuidado neste ano, pois o próprio  tema desta edição 2022, "Saúde dos Enfermos, rogai por nós", conclama a esses atos.

Convento da Penha 

Em nota

"Nós que confiamos na maternal proteção de Deus, por meio da intercessão de Nossa Senhora da Penha, confiamos na ciência e na proteção dela. Sabemos que Nossa Senhora é para nós 'Saúde dos Enfermos'. Este tempo ainda exige cuidado mútuo, empatia, zelo. Um grande ensinamento da Festa é de nos fazer cuidadosos, zelosos."

O Convento, acrescenta a nota, está foi preparado para receber milhões de pessoas. "Estamos trabalhando incansavelmente para preservar nossa história, nosso monumento, e cuidamos sempre para que o Santuário possa continuar a ser o refúgio de muitas pessoas. O Papa Francisco fala: 'Não podemos sair desta pandemia da mesma forma que entramos. Ou saímos melhores, ou piores'. Cabe a reflexão."

Fique por dentro de todas as informações da Festa da Penha 2022. Acompanhe a página especial do evento em A Gazeta: agazeta.com.br/festadapenha.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.