Coronavírus: ES registra 2.462 mortes e passa de 79 mil casos

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), foram contabilizados 1.288 novos casos e 25 óbitos nas últimas 24 horas

Publicado em 28/07/2020 às 17h01
Atualizado em 28/07/2020 às 22h10
Cientistas avaliam que a mutação chamada de D614G pode auxiliar no desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19
Cientistas trabalham no desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19. Crédito: Edward Jenner/ Pexels

Espírito Santo chegou a 79.468 casos e 2.462 mortes por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, na tarde desta terça-feira (28). As informações são do Painel Covid-19, da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa). A ferramenta mostra que nas últimas 24 horas a doença infectou 1.288 pessoas e provocou 25 óbitos. 

Entre os municípios mais afetados do Estado, Vila Velha permanece à frente com 11.960 registros da doença, seguida por Vitória (10.721), Serra (10.141) e Cariacica (8.863). Já nos números divulgados pelos bairros, Jardim Camburi, na Capital, é o que mais tem casos confirmados de Covid-19, com 1.429 pessoas infectadas.

Com relação aos pacientes curados também houve um aumento no Espírito Santo. Ao todo, 62.870 pessoas conseguiram vencer a batalha contra o coronavírus. A taxa de letalidade no Estado é de 3,10% e, até agora, 165.340 testes para detectar a doença já foram realizados em todo o Estado.

PREVINA-SE 

Até o momento, não há um tratamento específico para a doença, que é transmitida por gotículas de saliva que se espalham pelo ambiente. Por isso, é fundamental manter alguns cuidados com a higiene pessoal, que também valem para afastar o risco de contrair gripe e outras doenças respiratórias. 

  • Lavar as mãos frequentemente por pelo menos 20 segundos com água e sabão;
  • Utilizar antisséptico de mãos à base de álcool para higienização;
  • Cobrir com a parte interna do cotovelo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Utilizar máscaras de tecido se precisar sair de casa;
  • Manter distância de outras pessoas caso tenha que ir para a rua;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.