ASSINE

Comércio e escolas no ES: veja as regras que valem a partir de segunda-feira (3)

Mesmo em risco alto, o funcionamento do comércio será ampliado em 56 municípios, excepcionalmente esta semana, em decorrência do Dia das Mães, segundo anúncio do governador Renato Casagrande

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 30/04/2021 às 20h38
Movimento do comércio na avenida Expedito Garcia, em Cariacica, no primeiro dia de quarentena no ES
Movimento do comércio na Avenida Expedito Garcia, em Cariacica. Crédito: Vitor Jubini

Em decorrência do Dia das Mães, na próxima semana o comércio terá o seu horário de funcionamento ampliado nos 56 municípios capixabas que ainda permanecem em risco alto de contágio do novo coronavírus, segundo o critério da Matriz de Risco de Convivência. Já as escolas, nas cidades em risco moderado, permanecem com no máximo 50% dos alunos em atividades presenciais, enquanto no risco alto apenas o atendimento individual está liberado.

As informações foram anunciadas em pronunciamento do governador Renato Casagrande, nesta sexta-feira (30). Nesta semana que se inicia no dia 3, o comércio poderá atender, de segunda a sexta, de 10 às 20h. No sábado, poderá funcionar de 8 às 18h.

“De forma extraordinária e somente para esta semana, shoppings e comércios de rua terão horários modificados para o Dia das Mães, data importante para todos nós, pela questão sentimental e cultural que se estabeleceu das famílias se encontrarem para comemorar. Também temos atividade de comércio muito intenso na semana que antecede o Dia das Mães. Devido a isso, mudaremos excepcionalmente o horário de funcionamento de comércio, tanto de rua, quanto shopping”, explicou o governador.

A alteração, explicou o governador, tem o objetivo de dar uma oportunidade maior aos comerciantes para poderem recuperar parte dos prejuízos decorrentes da longa pandemia.

Até este sábado (01), o horário de funcionamento do comércio, de segunda a sexta, é de 10h às 18h. Nos dias de sábado, poderá funcionar de 8 às 14h. Horário que vale para shoppings e comércio de rua.

ESCOLAS COM METADE DOS ALUNOS

Nas 22 cidades que estão em risco moderado, segundo o Mapa de Risco apresentado nesta sexta-feira (30), as escolas vão poder realizar as atividades presenciais com até 50% dos alunos.

Não haverá mudanças para os 56 municípios que permanecem em risco alto, onde poderá continuar sendo oferecido atendimento individual para os estudantes. Uma alteração neste quadro deverá ser discutida na próxima semana, em reunião com sindicatos e escolas.

“Nos municípios em risco moderado, 50% dos alunos poderão ir para a escola, na sala de aula. Risco alto, permitiremos atendimento individual. Nós estamos discutindo um passo adiante. Temos interesse em dar mais esse passo, buscar atendimento a mais nos municípios em risco alto. Mas primeiro vamos discutir com sindicatos, escolas e trabalhadores. Na semana que vem, certamente, teremos alguma decisão tomada", explicou o governador

Casagrande voltou a reforçar a importância do uso da máscara, principalmente para as pessoas que forem fazer compras no comércio para o dia das Mães.

"Quero continuar reforçando o apelo de toda semana, todos os dias, para  continuarmos com a disciplina. A gente tem o desejo de comprar alguma coisa no Dia das Mães, mas não saia sem máscara. Protocolo exige isso. Faço um apelo para o uso das máscaras. Quem tiver uma simples, use duas. Ela evita o contágio. Não aglomere, isso é fundamental”, destacou.

Informou ainda que mais vacinas devem chegar a partir da próxima semana, devendo normalizar a falta de imunizantes para a segunda dose que afetam algumas cidades. “Devemos normalizar a segunda dose de quem está vencendo o prazo de receber a segunda dose da Coronavac", informou.

Espírito Santo dia das maes espírito santo Comércio

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.