ASSINE

Martha Rocha vivia em asilo, não andava mais e quase não ouvia

Um dos três herdeiros da primeira Miss Brasil, Álvaro Piano revelou detalhes de como a mãe vivia em asilo de Niterói nos últimos anos de vida em entrevista ao Uol

Publicado em 06/07/2020 às 09h17
Atualizado em 06/07/2020 às 09h17
A primeira Miss Brasil da história, a modelo Martha Rocha
A primeira Miss Brasil da história, a modelo Martha Rocha. Crédito: Reprodução/Instagram @tourdosfamosos

Martha Rocha, 1ª Miss Brasil, morreu no último sábado (4) aos 83 anos na Casa de Repouso Carol Caminha, em Icaraí, Niterói, na região Metropolitana do Rio de Janeiro. Moradora do asilo há um ano e meio, ela teve um infarto fulminante após um quadro de insuficiência respiratório. Uma das mais importantes representantes da beleza nacional foi enterrada neste domingo (5) no Cemitério do Santíssimo Sacramento. 

De acordo com entrevista de Álvaro Piano, de 63 anos, um dos três filhos da ex-miss, ao portal Uol, ela vinha sofrendo problemas frequentes de saúde há pelo menos cinco anos. Martha também sofria de enfisema pulmonar e já quase não andava e nem ouvia nada. Pelo quadro da mãe, o herdeiro considera que a morte foi um descanso. 

"Teve uma morte relativamente sem grandes sofrimentos. Ela já estava pedindo mesmo para Deus levá-la. Foi até uma graça no meio da tristeza, não dá para negar, porque a cada dia acelerava mais o quadro de saúde. Tinha desenvolvido também surdez e tinha dificuldade de comunicação", disse Álvaro, em entrevista ao Uol. 

Álvaro Piano

Filho de Martha Rocha

"Dentro da medida do possível, ela teve um fim digno"

A Gazeta integra o

Saiba mais
Rio de Janeiro martha rocha miss brasil Obituário

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.