ASSINE

Casaca lança clipe filmado na Barra do Jucu e planeja álbum de 20 anos

Banda capixaba quer lançar o álbum Celebração, com 13 faixas, até o meio deste ano. Disco vai contar a trajetória dos músicos do Estado

Publicado em 29/01/2021 às 12h16
A banda Casaca: Renato Casanova, Márcio Xavier, Flavinho, Piriquito, Dhiego e Guilherme Sadala
A banda Casaca: Renato Casanova, Márcio Xavier, Flavinho, Piriquito, Dhiego e Guilherme Sadala. Crédito: Tiago UF/Reprodução/Instagram @bandacasaca

Saiu no último dia 21 de janeiro o clipe oficial de “Morena”. A música, lançada nas plataformas digitais desde 2019, tem letra de amor e fala de relações de saudade. Mas essa não é a única novidade da banda Casaca para 2021. Até o meio do ano, o grupo do Espírito Santo também quer lançar o álbum "Celebração", que vai, por meio das canções, contar a história dos 20 anos (quase 21) de formação dos integrantes.

“A história da música fala mais sobre saudade, essa coisa de aventura... Que a pessoa sempre tem ali seu conforto, seu jeito de viver como está acostumado, e às vezes, por alguma situação, tem que largar tudo para viver uma outra situação”, começa o vocalista do Casaca, Renato Casanova, que divide o grupo com os músicos Márcio Xavier, Flavinho, Piriquito, Dhiego e Guilherme Sadala.

E complementa: “Só que quando isso acontece, vê que não é nada daquilo que estava pensando. E aí vem todo o sofrimento, saudade, angústia... E aí a pessoa tenta voltar atras”. O clipe, filmado em paisagens da Barra do Jucu, em Vila Velha, ilustra a letra da música com duas modelos – que representam as “morenas” do hit.

Para o vocalista, a narrativa da música representa “mais ou menos”, em suas próprias palavras, a experiência de vida que todo mundo já teve ou terá um dia. “A vida da gente tem, não é? Toda hora temos que buscar alguma coisa, sair... A música fala muito do amor, sim, mas a intenção mesmo é retratar a saudade. E o mesmo caminho que faz a pessoa ir é o que a faz voltar”, reflete.

E não só esse recorte da vida das pessoas é que o grupo que retratar no oitavo disco que vai lançar, até o meio deste ano. Chamado de Celebração, o álbum trará 13 faixas com os hits que fizeram a história do Casaca. “Era para a gente ter lançado no ano passado, mas a pandemia atrapalhou tudo. Só gravamos o clipe de Morena agora, também, por causa disso. Filmamos lá na Barra (do Jucu) com todos os cuidados necessários”, adianta.

Sobre o CD, completa: “Teremos ainda algumas participações que estamos fechando e está praticamente certa a participação do Silva, inclusive. Acho que esse tempo da pandemia até nisso ajudou. E a gente acredita que nada é por acaso. O nome é Celebração porque vamos celebrar nossos 20 anos de carreira mesmo e teremos também a Tour Celebração, com shows em vários lugares, que dependemos da situação da pandemia para tocar”.

Além desses trabalhos, Casanova também fala que o fato de o lançamento do clipe ser sempre depois do single nas plataformas digitais permite que cada música seja muito melhor aproveitada. “A gente tem feito muito isso nas últimas vezes e dá certo. O retorno é positivo, as pessoas que nos acompanham gostam e o clipe muitas vezes traz a imagem do que queremos passar, que nem sempre o público pode interpretar da mesma forma”, conclui.

Cultura Espírito Santo Música barra do jucu capixaba capixaba espírito santo Arte

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.