Kevin O Chris lança EP com funks proibidões após entrar para a Forbes

Cantor que começou 2021 na lista “Under 30” da Forbes Brasil, que reúne jovens talentos que fazem a diferença em diversas áreas, lançou o EP "Proposta", que traz três novos singles

Publicado em 18/01/2021 às 18h21
Atualizado em 18/01/2021 às 18h22
MC Kevin O Chris lança EP com funks proibidões depois de entrar para a Forbes Under 30
MC MKevin O Chris lança EP com funks proibidões depois de entrar para a Forbes Under 30. Crédito: Felipe Braga

Dos 10 homens mais escutados no país pelo Spotify em 2020, só Kevin O Chris representava o gênero funk. O cantor carioca, de Duque de Caxias, bateu um bilhão de streamings na plataforma no ano passado. O MC começou 2021 na lista “Under 30” da Forbes Brasil, que reúne jovens talentos que fazem a diferença em diversas áreas da sociedade. Para comemorar o feito e mostrar as suas raízes para todo esse público que conquistou, Kevin lançou o EP "Proposta" só com funks proibidões.

Com uma pegada estilo Notorious B.I.G. na capa, o funkeiro retrata a vida de solteiro. São três singles que falam abertamente sobre liberdade e sexo: “Gatinha”, “Fogosa” e “Me Mame”. E, assim como o rapper norte-americano, ele narra vivências da sua realidade: “Se fugir de casa, mamãe fica puta / Corre pra favela em busca de aventura / Que o baile vai rolar / Que o baile vai rolar”.

A ideia deste novo EP não é nova – Kevin sempre trouxe o seu cotidiano nas suas composições. Mas fazia tempo que ele não soltava seus “proibidões” guardados. Desde a sua ascensão com o “Vamos Pra Gaiola”, o cantor mescla as batidas do funk 150 BPM com sonoridades do pop para despertar a atenção do público estrangeiro. Por isso, o brasileiro chama a atenção de astros como Post Malone, o rapper Drake, Rosalía e Cardi B.

Enquanto o DVD “Todo Mundo Ama O Chris”, previsto para março deste ano, não chega, Kevin comemora as suas conquistas e traz o legítimo baile de favela para as plataformas de música.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.