ASSINE

Provas do concurso do Banco do Brasil serão aplicadas em 26 de setembro

Candidatos terão que responder 75 questões, sendo 25 de conhecimentos básicos e 45 de conhecimentos específicos. Certame vai preencher 4.480 vagas, sendo 44 no Espírito Santo

Publicado em 24/06/2021 às 12h05
Atualizado em 28/07/2021 às 15h12
Fachada do Banco do Brasil - Praia de Camburi - Vitória/ES
Concurso do Banco do Brasil tem 44 vagas para o Espírito Santo. Crédito: Ricardo Medeiros

Atualização

28 de Julho de 2021 às 15:16

As inscrições terminariam no dia 28 de julho, mas foram prorrogadas até 7 de agosto pelo Banco do Brasil. A matéria foi atualizada.

As provas objetivas e de redação do concurso público do Banco do Brasil serão aplicadas no dia 26 de setembro. Os candidatos terão que responder a 75 questões, sendo 25 de conhecimentos básicos e 45 de conhecimentos específicos.

O certame da instituição bancária tem como objetivo preencher com 4.480 vagas, sendo 2.240 imediatas e 2.240 para cadastro de reserva. Há oportunidades para todos os Estados do país e Distrito Federal. Para o Espírito Santo, são 44 postos. A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, com jornada de 30 horas semanais. De acordo com o edital, as oportunidades da área de TI, com 480 postos, são exclusivamente para o Distrito Federal. São 240 chances imediatas e outras 240 para cadastro.

O QUE CAI NA PROVA

Conhecimentos básicos:

  • Língua Portuguesa - 10 questões
  • Língua Inglesa - 5 questões
  • Matemática - 5 questões 
  • Atualidades do mercado financeiro - 5 questões

Conhecimentos específicos para agente comercial (escriturário tradicional):

  • Matemática Financeira - 5 questões
  • Conhecimentos bancários - 10 questões
  • Conhecimentos de informática - 15 questões
  • Vendas e Negociações - 15 questões

Conhecimentos específicos para agente de tecnologia (escriturário com foco em TI)

  • Probabilidade e estatística - 5 questões
  • Conhecimentos bancários - 5 questões
  • Tecnologia da informação - 35 questões

A diretora pedagógica do Centro de Evolução Profissional (CEP) Ivone Goldner orienta que os candidatos devem começar a se preparar imediatamente, dedicando o maior tempo ao estudo dos conhecimentos específicos, que corresponderão a 45 das 70 questões.

"O ideal é o candidato estudar pelo menos quatro horas diárias, dividindo esse tempo com duas horas para os conhecimentos específicos, com ênfase em Informática e Vendas e Negociação, pois são as disciplinas com maior número de questões, uma hora para as matérias dos conhecimentos básicos e a outra hora para resolução de questões anteriores", afirmou.

Ivone Goldner destaca ainda sobre a necessidade de o candidato treinar para a redação, que será do tipo dissertativo-argumentativo e valerá 100 pontos. "Há um tempo bastante razoável até a data da prova e é possível o candidato tornar-se muito competitivo para o exame", finalizou.

SOBRE O CONCURSO

A seleção é para o cargo de escriturário, com os nomes de relacionamento de agente comercial e agente de tecnologia. Para concorrer ao cargo, é necessário ter apenas ensino médio.

As inscrições terminariam no dia 28 de julho, mas foram prorrogadas até 7 de agosto, no site da Cesgranrio. A taxa de participação é de R$ 38.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.