ASSINE

Os 15 concursos públicos que vão "bombar" em 2021

Oportunidades serão para diversas áreas como policial, bancária e tributária e voltadas para cargos de nível superior e médio. Veja como se preparar

Publicado em 02/01/2021 às 08h00
Queila Possato, ela está estudando para concursos em Vila Velha
Queila Possato se prepara para concursos na área da segurança. Crédito: Ricardo Medeiros

O ano de 2021 terá ao menos 15 concursos públicos que prometem movimentar o setor de seleção. Esses certames que prometem "bombar" e atrair o maior número de concurseiros vão oferecer 8.977 vagas, distribuídas por cargos de níveis médio e superior. E quem deseja estar pronto para a encarar as provas deve começar a estudar o quanto antes.

O primeiro passo para uma boa preparação é escolher a carreira e a área que tem mais afinidade: administrativa, tribunais, jurídicos, fiscais, controle e gestão, policiais, legislativos, saúde, educação e bancários. 

O sonho da candidata Queila Possato, de 38 anos, é ingressar na carreira policial. Ela fez o concurso para Guarda Municipal de Cariacica. Segundo ela, se conseguir ser aprovada no certame vai entrar na faculdade para, em seguida, focar nos estudos da Polícia Federal.

“Também estou de olho no concurso para o cargo de nível médio da Polícia Civil. Permaneço estudando para estar pronta quando o edital sair. A preparação não é fácil. É preciso abrir mão de algumas coisas para conquistar meus objetivos no futuro. Atualmente, estou desempregada e aproveito todo meu tempo para me preparar”, comenta.

A diretora pedagógica do CEP Ivone Goldner aponta que os interessados devem iniciar imediatamente os estudos e o mais aconselhável é que comecem pelas matérias básicas, que são exigidas em praticamente 95% dos concursos: Português, Raciocínio Lógico, Informática, Direitos Administrativo e Constitucional.

"Outra dica é, caso o candidato já tenha definido concorrer para apenas um concurso,  como a Polícia Federal, é seguir o último edital para fazer o seu planejamento de estudo”, aponta a diretora pedagógica do CEP, Ivone Goldner.

Já a coordenadora pedagógica da Damásio Educacional, Suelen Rodrigues, ressalta que o candidato deve permanecer focado, principalmente em tempo de pandemia.

Suelen Rodrigues

Coordenadora pedagógica da Damásio Educacional

"Muitas pessoas estão trabalhando em casa e fica mais fácil organizar os estudos. Quem fizer isso vai sair na frente. Não existe conquista sem esforço. É importante conhecer a banca organizadora, fazer exercícios e procurar um cursinho que possa ajudar com um conteúdo atualizado"
Auditor fiscal da Receita Estadual Leonardo Gomes Novaes
Auditor fiscal da Receita Estadual Leonardo Gomes Novaes. Crédito: Ascom Sefaz/ Divulgação

Quem já conseguiu ingressar na carreira pública também pode servir de inspiração para os futuros servidores. Leonardo Gomes Novaes foi aprovado no último processo seletivo da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), realizado em 2013. Ele ficou no cadastro de reserva e desde 2017 ocupa o cargo de auditor.

Leonardo Gomes Novaes

Auditor fiscal da  Receita Estadual

"O meu foco de estudo sempre foi direcionado aos Fiscos estaduais. Escolher a área é muito importante para centralizar nas matérias que são comuns a todos. Além disso, um planejamento diário ajuda a ter um direcionamento. Para fixar o conteúdo, a melhor receita é resolver muitas questões de prova, principalmente da banca que vai aplicar o exame. Acredito que esses foram os fatores decisivos para a minha preparação"

O governo federal pode abrir 53.111 oportunidades, de acordo com a Proposta de Lei Orçamentária Anual (PLOA), em tramitação no Congresso Nacional. De acordo com o documento, 50.946 são para provimento, ou seja, para reposição de servidores em vagas que já existem. Há ainda a previsão de 2.165 chances para criação de novos postos. As oportunidades estão distribuídas pelos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

53.111 vagas

Estão previstas para serem abertas na esfera federal em 2021

As Polícias Federal e Rodoviária Federal são dois certames garantidos. As duas corporações receberam, em dezembro, autorização para abrirem 1.500 vaga cada uma . As seleções foram anunciadas por diversas vezes pelo presidente Jair Bolsonaro. É bom lembrar que, para área de segurança, os candidatos devem se preparar também para o Teste de Aptidão Física (TAF).

Ainda na União devem ser abertos concursos na Receita Federal, Banco do Brasil, Tribunal de Contas da União, Ministério das Relações Exteriores, entre outros. 

A estimativa é de que sejam mais de 200 mil chances em todo o país, se somados os certames e seleções que podem ser abertos em um dos municípios brasileiros, em órgãos estaduais e federais em todo o país.

GOVERNO DO ES VAI ABRIR SETE CONCURSOS EM 2021

O governo do Espírito Santo deve abrir concursos e processos seletivos  nas secretarias da Fazenda (Sefaz), Educação (Sedu) e Justiça (Sejus), Polícias Militar e Civil, Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) e Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN). 

As contratações deverão ocorrer ao longo do ano. Do total de certames, o da Sefaz é o que está mais adiantado. Serão 50 vagas para auditor fiscal e a Fundação Getúlio Vargas (FGV) vai ser a empresa responsável pela seleção. O salário é de R$ 12.492.

No início de dezembro, o governador Renato Casagrande (PSB) anunciou a abertura do concurso na área da Segurança Pública durante a prestação de contas na Assembleia Legislativa.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) informou que, por meio do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, está com foco na reestruturação e recomposição do efetivo. “Tão logo as definições de data e números de vagas sejam finalizadas, será feito o anúncio oficial”, diz a nota.

Já a Secretaria da Justiça (Sejus) informou que a elaboração do concurso público está em andamento, sendo ainda definidos o quantitativo de vagas, cargos e salários. Ainda não há informações sobre os concursos da Sedu e do Iases.

CONFIRA 15 CONCURSOS QUE VÃO BOMBAR EM 2021

  1. A Gazeta - ao5bc65m2
    01

    Polícia Federal

    A corporação está autorizada a abrir concurso público com 1.500 vagas, sendo 893 para agente, 123 para delegado, 400 para escrivão e 84 para papiloscopista. O salário varia de R$ 12.441 a R$ 23.130,48. O edital deve ser publicado até junho de 2021, mas a previsão é de que saia em janeiro. A banca organizadora, Cebraspe, já foi escolhida. 

  2. A Gazeta - 1ig8q7n6gs
    02

    Polícia Rodoviária Federal

    A PRF já está autorizada para abrir 1.500 vagas para o cargos de policial rodoviário federal. Além de nível superior, os candidatos devem ter carteira de habilitação. O salário inicial é de R$ 10,3 mil. O edital está previsto para janeiro. 

  3. A Gazeta - zh8zb
    03

    Receita Federal

    Receita Federal fez um pedido de concurso com 3.360 vagas, sendo 2.050 para área tributária e aduaneira e 1.310 para administrativa. As oportunidades serão para cargos de níveis médio e superior. A remuneração para o cargo de auditor é de R$ 21.487,09, enquanto que de analista R$ 12.142,39 e de assistente-técnico de R$ 4.137,97.

  4. A Gazeta - kqh7pyxdef
    04

    Banco do Brasil

    A previsão é de que sejam abertas 120 vagas na área de TI. O salário inicial é de R$ 3,8 mil. A diretoria da instituição havia divulgado que a intenção era abrir dois concursos em 2020, mas os planos foram adiados por conta da pandemia. Há ainda a previsão de abrir seleção para escriturário. 

  5. A Gazeta - ku9rzyp
    05

    Ministério das Relações Exteriores

    Todos os anos o Ministério das Relações Exteriores realiza concurso para diplomatas. A oferta gira em torno de 25 oportunidades. A carreira é destinada a quem tem nível superior em qualquer área. O salário passa de R$ 19 mil.  

  6. A Gazeta - us9i5599l
    06

    Senado

    Os preparativos para o concurso estão suspensos em decorrência da pandemia do novo coronavírus. A previsão é de que sejam oferecidas 40 vagas para policial legislativo e analistas de nível superior. 

  7. A Gazeta - q6iqu
    07

    Tribunal de Conta da União (TCU)

    As oportunidades serão para a carreira de auditor externo, que exige o nível superior. A remuneração inicial do cargo é de R$ 21 mil. A previsão é de que sejam abertas 30 vagas                         

  8. A Gazeta - 9c6d2xegpt
    08

    Agência Nacional das Águas

    A agência reguladora solicitou a abertura de 101 vagas neste ano. As oportunidades serão para cargos de técnico, analista e especialista em recursos hídricos. O salário inicial é de R$ 7.016.  

  9. A Gazeta - ahqqrxf7ef
    09

    Banco Central

    O banco aguarda a autorização para abrir 260 vagas, sendo 200 para analista, 30 para técnico e 30 para procurador. A remuneração pode chegar a R$ 21.472.  

  10. A Gazeta - pz0jyff3cf
    10

    Polícia Militar do ES

    O concurso foi anunciado pelo governador Renato Casagrande durante a prestação de contas na Assembleia Legislativa. Ainda não há informações de quantas vagas deverão ser preenchidas no certame. O maior volume de oportunidades deverá ser para o cargo de soldado, que exige o nível médio. O subsídio do cargo é de R$ 3.137,76.  

  11. A Gazeta - 263nrb6r9
    11

    Secretaria de Educação do ES

    O governador Renato Casagrande (PSB), durante entrevista à CBN, garantiu que vai abrir concurso público para a contratação de professores. O total de vagas ainda não está defino. Segundo ele, o certame vai repor servidores que se aposentaram ou se exoneraram dos cargos.  A remuneração pode chegar a R$ 3.554,92.                    

  12. A Gazeta - 1ube1tdk1mw
    12

    Secretaria da Fazenda do ES

    Serão oferecidas 50 vagas para o cargo de auditor da Receita Estadual. Os candidatos devem ter curso superior e os aprovados vão receber salário de R$ 12 mil.

  13. A Gazeta - iahknahe
    13

    Polícia Civil do ES

    O anúncio de um novo concurso na Polícia Civil do Estado foi feito pelo governador Renato Casagrande. Não há informações sobre cargos e vagas. No entanto, a expectativa é de que as oportunidades sejam para o cargos de delegado, que teve seleção cancelada no início do ano. 

  14. A Gazeta - x65503nao
    14

    Ibama

    O Ibama enviou pedido ao Ministério da Economia para abrir concurso com cerca de 2 mil vagas, distribuídas pelos cargos de técnico e analista. A remuneração é de R$ 4.063 e R$ 8.547, respectivamente. A seleção está no radar do governo federal, após pressão de investidores por políticas ambientais mais efetivas.

  15. A Gazeta - p8xoy20a
    15

    Tribunal Superior Eleitoral

    O TSE deve abrir concurso com 21 vagas, sendo 8 para analista (nível superior) e 13 para técnico (nível médio). O salário pode chegar a R$ 12 mil.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.