ASSINE

Mais de 73 mil vagas em concursos públicos federais em 2022

Orçamento da União prevê oportunidades nos poderes Executivo, Judiciário e Legislativo. Processos seletivos deverão ocorrer ao longo de 2022

provas de concursos públicos
Novos concursos estão previstos para o próximo ano. Crédito: Freepik

governo federal prevê preencher 73.640 vagas por meio de concursos públicos em 2022. As contratações estão previstas no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) para o próximo ano, encaminhado nesta terça-feira (31) para o Congresso Nacional. O documento traz a estimativa de receitas e despesas do Executivo e deve ser apreciado por deputados e senadores até dezembro.

As oportunidades serão distribuídas pelos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Do total de postos, 4.907 são para criação (cargos novos) e 69.543 para provimento, ou seja, convocação de aprovados em certames válidos ou em novos concursos.

Durante a coletiva de imprensa esta semana, entretanto, a equipe econômica havia informado que a previsão é de que sejam 41.700 vagas para preenchimento por meio de  certames no decorrer do próximo ano. No entanto, o anexo V do documento tem como estimativa mais de 73 mil chances. A reportagem procurou o Ministério da Economia para falar sobre esses números, mas ainda não obteve retorno da demanda. Assim que tivermos uma resposta, o texto será atualizado.

"A previsão é de ingresso de 41.700 vagas em diversos órgãos públicos, nas agências reguladoras, no próprio Ministério da Educação (MEC), em institutos e universidades federais. Há necessidade de recomposição da força de trabalho pelo represamento da realização dos concursos nos últimos três anos", disse o secretário do orçamento, Ariosto Culau.

É importante lembrar que o quantitativo é apenas uma previsão, o que não garante o preenchimento desse montante de vagas. Para que os órgãos e autarquias possam abrir os processos seletivos, é necessário autorização do ministério de Paulo Guedes para cada um deles.

A União conta com o maior número de ofertas, 67.783 ao todo, sendo 27.813 para o preenchimento de cargos que já existem e 11.621 para efetivos da Aeronáutica, Marinha e Exército. O documento não detalha quais os órgãos terão certames em breve.

De acordo com a PLOA, o Poder Legislativo terá 149 vagas, das quais 70 na Câmara dos Deputados, 40 no Senado Federal e 39 postos no Tribunal de Contas da União (TCU). Esses dois últimos com seleções já autorizadas. Os salários variam de R$ 19.427,79 e R$ 33.461,68.

Já no Judiciário, a previsão é de contratar 4.231 novos servidores. Serão 2.274 para proventos e 1.957 para criação. As chances estão distribuídas da seguinte maneira: Supremo Tribunal Federal (82), Superior Tribunal de Justiça (142), Justiça Federal (1.225), Justiça MIlitar da União (792), Justiça Eleitoral (1.197), Justiça do Distrito Federal e Territórios (250) e Conselho Nacional de Justiça (41).

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.