ASSINE

Caixa lança concurso com 1.100 vagas para pessoas com deficiência

Oportunidades são para os cargos de técnico bancário e técnico bancário na área de tecnologia da informação; interessados podem se inscrever até 27 de setembro

Caixa Econômica
Caixa Econômica Federal tem dez vagas para candidatos do ES. Crédito: Fernando Madeira

Caixa Econômica Federal publicou nesta sexta-feira (10) o edital de abertura do concurso público para técnico bancário e técnico bancário na área de tecnologia da informação (TI). A oferta é de 1.100 vagas exclusivas para pessoas com deficiência (PcD) em todo o Brasil. Para o Espírito Santo, são dez postos, distribuídos pelos polos de VitóriaColatina e Cachoeiro de Itapemirim.

As inscrições já estão abertas. Do total de oportunidades, 1.000 são imediatas e 100 para cadastro de reserva. A seleção tem chances de trabalho nos 26 estados do país e no Distrito Federal.  No caso dos profissionais que optarem pela especialidade de TI, a lotação ocorrerá apenas em Brasília.

Os interessados precisam ter o ensino médio e os profissionais terão carga horária de 30 horas semanais. O salário inicial é de R$ 3.000, mas com os benefícios o valor pode chegar a R$ 4.486,03. 

Os contratados terão participação nos lucros, plano de saúde, plano de previdência complementar, auxílio refeição e alimentação, vale transporte e auxílio creche. Além disso, há diversas ações de capacitação e oportunidades para ascensão e desenvolvimento profissional.

As inscrições para o concurso da Caixa podem ser feitas até as 23h59 de 27 de setembro de 2021, no site da Fundação Cesgranrio, responsável pelo certame. A taxa de participação é de R$ 30.

Os candidatos farão provas objetiva e discursiva no dia 31 de outubro e terão cinco horas para a resolução dos testes.  A primeira cobrará a resolução de 60 questões de múltipla escolha, enquanto a segunda exigirá a elaboração de um texto dissertativo.

O concurso terá validade de um ano, a contar da homologação do resultado final, podendo ser prorrogada uma vez, por igual período, a critério da instituição financeira. Segundo a Caixa, atualmente, 4,12% dos empregados são PcD. O banco tem cerca de 3,5 mil empregados com este perfil.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.