ASSINE

Com alerta de frio, temperatura pode cair até 10 °C na Grande Vitória

Frente fria deve alcançar o Estado entre o fim da tarde desta quarta (28) e a madrugada de quinta (29).  Na Grande Vitória, os termômetros devem variar entre 16 °C e 23 °C na quinta

Publicado em 28/07/2021 às 12h54
Frio e agasalhos
Prepare o casaco! Grande Vitória pode ter novos recordes de frio nesta semana. Crédito: Carlos Alberto Silva

Os últimos dias do mês de julho prometem ser gelados no Espírito Santo. Se o começo deste mês foi marcado por recordes de frio, o mesmo pode se repetir nos próximos dias. A frente fria que começou a avançar pelo Brasil na tarde da última segunda-feira (26) deve alcançar o Espírito Santo entre o fim da tarde desta quarta (28) e a madrugada de quinta-feira (29). Assim, as temperaturas devem voltar a despencar no território capixaba.

De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), nesta quarta-feira (28) as temperaturas devem ficar bem elevadas e as máximas podem chegar aos 30 °C na Região Serrana e até 33 °C nas demais regiões, inclusive na Grande Vitória. Com isso, a queda na temperatura pode ser de até 10°C nesta quinta-feira (29).

Hugo Ramos

Meteorologista

"Para amanhã (quinta), teremos uma queda acentuada nas temperaturas. Em algumas regiões, as temperaturas máximas ficam até 10 °C inferiores às que serão registradas hoje (quarta)"

NOVOS RECORDES DE FRIO

Na quinta-feira (29), com a passagem da frente fria, as nuvens aumentam e pode chover fraco no Espírito Santo. Também são esperadas algumas rajadas fortes, com ventos acima dos 50km/h para todas as regiões capixabas. A massa de ar que acompanha a frente fria vai contribuir para a queda significativa das temperaturas.

"Para amanhã (quinta), pode ser possível ter a temperatura máxima mais baixa do ano, em função do aumento da cobertura de nuvens e da injeção de ar polar", prevê o meteorologista do Incaper.

Na quinta (29), os termômetros devem variar entre 16 °C e 23 °C na Grande Vitória, e entre de 6 °C e 18 °C nas áreas mais altas da Região Serrana. Na Região Sul, mínima de 9 °C e máxima de 20 °C. E nas regiões Norte e Noroeste, mínima de 15 °C e máxima de 23 °C.

De acordo com o Incaper, na sexta (30) a nebulosidade associada à passagem da frente se dissipa, ocorre uma forte queda nas temperaturas no período no turno, e algumas cidades do Espírito Santo podem ter a madrugada mais fria do ano. Essas condições também são favoráveis para a ocorrência de geada, principalmente em regiões de altitude elevada.

Na sexta-feira (30) as áreas mais altas das regiões Sul e Serrana têm previsão de mínima de 4 °C e máxima de 20 °C. Enquanto na Grande Vitória e nas demais regiões do Estado, os termômetros vão variar entre 13 °C e 25 °C.

Até agora, a menor temperatura do ano foi registrada no dia 5 de julho, quando a localidade de Aracê, em Domingos Martins, registrou 3,8 °C. No dia 2 de julho, os termômetros já haviam marcado 13,7 °C em Vitória, o dia mais frio do ano na Capital. 

GEADA NO FIM DE SEMANA

Devido às condições favoráveis para o declínio acentuado de temperatura, para o final de semana há uma grande possibilidade de formação de geada nos trechos de altitude elevada do Estado. 

No sábado (31), último dia de julho, a presença da umidade trazida pelos ventos costeiros contribui para a presença de nuvens no Espírito Santo. Previsão de chuva fraca em quase todas as regiões, com exceção do noroeste capixaba. Já no domingo (1º), primeiro dia de agosto, o tempo será de sol e chuva rápida em alguns trechos do Espírito Santo. A chuva ocorre de forma esparsa nas regiões Norte, Noroeste e Serrana. Os ventos perdem força e as temperaturas sofrem ligeiro aumento.

ATENÇÃO COM A UMIDADE DO AR

Até domingo é preciso ter cuidado com o tempo seco. O Incaper emitiu um alerta devido às condições favoráveis para os baixos níveis de umidade do ar. Os índices de umidade relativa do ar deverão atingir valores entre 30% e 20% no período da tarde, o que contribui para o surgimento de doenças respiratórias e alergias, além de condições favoráveis para a ocorrência de queimadas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.