ASSINE

As cidades do ES com maior volume de chuva em 24 horas

Boletim emitido pela Defesa Civil mostra os municípios mais atingidos pela chuva no intervalo das 11 horas de quinta-feira (18) até as 11 horas desta sexta-feira (19)

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 19/02/2021 às 15h27
Atualizado em 19/02/2021 às 15h27
Chuva causou alagamentos e estragos em Mimoso do Sul, no Espírito Santo
Chuva causou alagamentos e estragos em Mimoso do Sul, no Espírito Santo. Crédito: Eliane Freitas | Leitora | A Gazeta

Diante do cenário de continuidade das chuvas no Espírito Santo, o Boletim Extraordinário da Defesa Civil, atualizado às 11h desta sexta-feira (19), identificou os maiores acumulados no intervalo de 24h. A lista apresentada pelo órgão classificou 17 municípios capixabas. São eles:

  1. Ibitirama: 133.40 mm
  2. Apiacá: 111.80 mm
  3. Bom Jesus do Norte: 106 mm
  4. São José do Calçado: 93 mm
  5. Irupi: 88.80 mm
  6. Guaçuí: 88.51 mm
  7. Muqui: 55.20 mm
  8. Mimoso do Sul: 55 mm
  9. Atílio Vivácqua: 46 mm
  10. Jerônimo Monteiro: 41.51 mm
  11. Ibatiba: 41.40 mm
  12. Alegre: 37.54 mm
  13. Cachoeiro de Itapemirim: 36.50 mm
  14. Mucurici: 34.20 mm
  15. Viana: 34.20 mm
  16. Iúna: 34 mm
  17. Castelo: 31.73 mm

Além do ranking, o boletim aponta para os alertas vigentes no Estado, com oito municípios com risco de movimento de massa (IbitiramaSerraSanta LeopoldinaCariacicaVitóriaVila VelhaBom Jesus do Norte e Apiacá) e um município apenas com risco hidrológico (Guaçuí).

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Climatempo e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) também emitiram avisos de chuvas intensas para esta sexta-feira (19). O alerta de chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, com ventos intensos que podem variar de 60 km/h a 100 km/h, é valido para todo o Estado.

Por causa das chuvas e ventos, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas. Em caso de rajadas de ventos, o Inmet orienta que as pessoas não se abriguem debaixo de árvores, pois há risco de queda e raios e não estacionem veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. O alerta também vale para municípios do Rio de Janeiro.

AVISOS METEOROLÓGICOS

Também apresentados pelo Boletim da Defesa Civil, há os seguintes avisos:

  • Risco de vendaval, acumulado de chuva, chuva intensa e tempestade, de nível "Atenção" válido para o Estado, com início às 9h desta sexta (19) e fim no sábado (20), às 09h.
  • Risco de granizo, vendaval, chuva intensa e tempestade, de nível "Atenção" para os municípios de Alegre, Apiacá, Bom Jesus do Norte, Divino de São Lourenço, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Ibatiba, Ibitirama, Irupi, Iúna e São José do Calçado. O alerta é válido entre às 12h desta sexta (19) e 3h do sábado (20).
  • Risco de chuva intensa, de nível "Perigo", com chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60 a 100 km/h), risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas, válido para todo o Estado, entre às 10h20 desta sexta (19) e 10h do sábado (20). 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.