> >
Conheça as 10 motos que foram destaque no Festival Interlagos 2024

Conheça as 10 motos que foram destaque no Festival Interlagos 2024

Evento serviu de passarela para as marcas de motocicletas apresentarem suas novidades para o mercado brasileiro

Publicado em 11 de junho de 2024 às 10:26- Atualizado há 11 dias

Ícone - Tempo de Leitura 6min de leitura
Destaques do Festival Interlagos 2024 (Moto)
Entre os destaques estão as novas Honda XR 300L Tornado, BMW R 12 e a Kawasaki Eliminator 500. (Divulgação)

Maior evento ligado ao setor de duas rodas do Brasil atualmente, a edição 2024 do Festival Interlagos Motos foi realizada de 6 a 9 de junho no Autódromo de Interlagos, na Zona Sul da capital paulista.

Com a proposta de combinar exposição, entretenimento e experiência, a sexta edição do evento atraiu mais de 130 mil pessoas, que puderam conhecer os lançamentos das principais marcas. O Festival Interlagos Motos, que teve sua primeira edição em 2019, se firmou ao dar oportunidade aos visitantes para participarem de test-rides em um dos autódromos mais famosos do mundo.

“O Festival Interlagos tem se destacado como um dos eventos mais relevantes para o segmento de motocicletas no Brasil, fortalecendo ainda mais a paixão sobre duas rodas”, destaca Marcelo Langrafe, diretor Comercial da Honda Motos e de pós-vendas da Honda América do Sul.

Veja os dez destaques do Festival Interlagos Motos:

1 - Honda XR 300L Tornado

Honda XR 300L Tornado
A XR 300L Tornado chega com a mesma estrutura da recém relançada Sahara 300, porém, mais leve e com menos carenagem. (Honda/Divulgação)

Com chegada às concessionárias agendada para julho, a nova Tornado resgata um nome antigo, que fez sucesso no Brasil do início do novo século até meados de sua segunda década, quando deu lugar à XRE 300.

A nova Tornado é uma espécie de XRE 300 Sahara mais leve e estreita, com menos carenagens e mais preparada para as trilhas. Mudam itens como a carenagem do tanque e o farol de leds.

A Honda não liberou muitas informações sobre o novo modelo, mas o motor é o mesmo monocilíndrico de 293,5 cm3 que, na Sahara, entrega 25,2 cavalos de potência a 7.500 rpm e 2,74 kgfm de torque a 5.750 rpm.

2 - Yamaha Ténéré 700

Yamaha Ténéré 700
Após cinco anos desde seu lançamento, a Yamaha Ténéré 700 foi anunciada no Brasil e deve chegar às concessionárias em 2025. (Yamaha/Divulgação)

Lançada mundialmente em 2019, a aventureira Yamaha Ténéré 700 foi finalmente anunciada no Brasil durante o Festival Interlagos, mas a pré-venda está programada apenas para o primeiro trimestre do próximo ano.

Uma das principais características dessa moto aventureira é o seu motor bicilíndrico de 689 cc, o mesmo utilizado na MT-07, de 73,4 cavalos e 6,93 kgfm de torque.

A Yamaha Ténéré 700 tem 1,59 metro de distância de entre-eixos e um vão livre em relação solo de 24 centímetros. O peso é de 205 quilos.

3  - BMW R 12

BMW R 12
O modelo tem como lema “The Spirit of Easy”, unindo um visual de cruiser clássica com uma pilotagem confortável e em posição relaxada. (BMW/Divulgação)

A R 12 é uma cruiser que tem a proposta de aliar uma condução confortável ao poderoso motor boxer tradicional da BMW. O modelo, que tem como lema “The Spirit of Easy”, incorpora ao portfólio da marca alemã o segmento Modern Heritage.

É equipada com um motor boxer de 1.170 cm³, que entrega 95 cavalos de potência a 6.500 rpm e 11,4 kgfm de torque a 6 mil rpm. No quesito tecnologia, a R 12 vem equipada com dois modos de condução (“Rock” e “Roll”), controle de cruzeiro adaptativo, assistente de partida em subidas, assistente de troca de marchas Shift Assistant Pro e controle de pressão dos pneus.

O modelo está previsto para chegar ao Brasil no segundo semestre deste ano.

4 - Harley-Davidson CVO Road Glide

Harley-Davidson CVO Road Glide
A CVO Road Glide chega às concessionárias em julho, por R$ 276.656. (Harley-Davidson/Divulgação)

O destaque da marca norte-americana são as recém-lançadas Street Glide e Road Glide. Quem mais chamou a atenção no estande foi uma CVO Road Glide que traz na cor Legendary Orange uma homenagem aos 25 anos da criação da linha CVO (Custom Vehicle Operation).

O esquema de cores é inspirado na primeira bagger a receber uma pintura especial entre as CVO: a Screamin’ Eagle Road Glide, de 2000. Já o Milwaukee-Eight VVT 121, com seus 1.977 cc, é o motor de maior cilindrada a equipar uma motocicleta touring da Harley-Davidson.

Com comando variável de válvulas, o propulsor entrega 118 cavalos de potência e 18,86 kgfm de torque. O modelo chega às concessionárias em julho, por R$ 276.656.

5 - Kawasaki Eliminator 500

Kawasaki Eliminator 500
A Kawasaki Eliminator 500 tem um motor de 451 cc com injeção eletrônica e arrefecimento a líquido que produz 51 cv. (Kawasaki/Divulgação)

A Eliminator 500 desembarca no Brasil com a missão de se tornar a cruiser mais desejada da marca japonesa. Com corpo estreito e baixo e assento em dois níveis, a Eliminator 500 tem uma leveza do conjunto que permite uma pilotagem urbana com segurança nas trocas de direção, assim como em percursos mais longos em estradas e viagens.

O assento fica a apenas 73,5 centímetros do solo. O motor de 451 cc com injeção eletrônica e arrefecimento a líquido produz 51 cavalos a 10 mil rpm entregando 4,3 kgfm de torque a 7.500 rpm.

O preço sugerido para a Eliminator 500 é de R$ 39.990, mais frete. Na versão Eliminator SE, chega a R$ 49.990, também sem o frete.

6 - Royal Enfield Shotgun 650

Royal Enfield Shotgun 650
A Shotgun 650 tem entre-eixos mais curto e uma distância maior em relação ao solo. (Royal Enfield/Divulgação)

A nova custom será o quarto produto da marca indiana a ser oferecido no Brasil, com base na plataforma Super Meteor 650, da Interceptor 650 e da Continental GT 650.

A Shotgun 650 tem motor bicilíndrico de 648 cm³, de até 47 cavalos e 5,4 kgfm. A nova moto tem entre-eixos mais curto, maior distância em relação ao solo e uma ligeira redução no peso em ordem de marcha em comparação com a Super Meteor 650.

A Shotgun ainda está nos estágios finais de homologação para o mercado brasileiro. A Royal Enfiel não deu previsão de quando a moto chegará às concessionárias nacionais.

7 - Dafra SYM NHX 190

Dafra SYM NHX 190
A previsão é que a Dafra SYM NHX 190 comece a ser vendida em outubro. (Dafra/Divulgação)

A grande novidade da Dafra é a NHX 190, versão street da NH 190, produtos originários da taiwanesa SYM. Criada em 2007 pelo Grupo Itavema, a Dafra Motos tem licença para produzir os modelos da SYM em Manaus (AM).

O chassi e o motor são os mesmos da NH 190. O propulsor é um monocilíndrico de 183 cm3, com quatro válvulas e arrefecido a líquido. Na aventureira, entrega 18,4 cavalos de potência a 8.500 rpm e 1,6 kgfm de torque a 7.500 rpm.

O câmbio é mecânico de 6 marchas. A esportiva urbana tem previsão de começar a ser vendido em outubro deste ano.

8 - Suzuki Hayabusa GSX-1300R

Suzuki Hayabusa GSX-1300R - Edição comemorativa dos 25 anos da Hayabusa
A Hayabusa GSX-1300R é uma linha exclusiva em comemoração aos 25 anos do modelo. (Suzuki/Divulgação)

Originalmente apresentada pela Suzuki em 1999, a Hayabusa estará disponível em edição comemorativa de seus 25 anos, limitada com 60 unidades numeradas, que desembarcam no Brasil ainda este mês.

A edição especial tem carenagem laranja e preta, cores especiais para o ajustador da corrente de transmissão e do disco interno do freio dianteiro, emblema do vigésimo quinto aniversário e um logotipo tridimensional “Suzuki” no tanque.

O motor de 1.340 cm³ entrega 190 cavalos e 15,2 kgfm. O preço sugerido é de R$ 134.500, mais frete.

9 - Triumph Daytona 660

Triumph Daytona 660
A pré-venda da Triumph Daytona 660 já está aberta com preço sugerido de R$ 55.590. (Triumph/Divulgação)

A esportiva de média cilindrada já havia sido anunciada, mas agora foi efetivamente apresentada ao público.

A Daytona 660 compartilha componentes com os modelos Trident e Tiger Sport, inclusive o motor bicilíndrico de 95 cavalos de potência com refrigeração líquida.

O câmbio tem 6 marchas e os pneus têm medidas de 120/70 R17 na frente e de 180/55 R17 atrás, enquanto as suspensões são Showa. O preço sugerido é R$ 55.590, com pré-vendas já abertas. As primeiras unidades serão entregues em julho.

10 - Bajaj Dominar 200

Bajaj Dominar 200
A Dominar 200O chega com um motor DTS-i de quatro válvulas e faísca tripla com 24 cavalos e 1,89 kgfm. (Bajaj/Divulgação)

A marca celebra o seu novo momento no mercado brasileiro, com o início, em junho, das operações de sua fábrica em Manaus (AM).

Entre as novidades no estande deste ano, a Bajaj apresentou a linha 2024/2025 da Dominar 160 e da Dominar 200, que começam a ser produzidas este mês.

As motocicletas chegam com novas cores, além de quadro e rodas em cinza. Com preço sugerido de R$ 19.900, a Dominar 200 investe nos motociclistas que buscam a melhor relação custo-desempenho. O motor DTS-i de quatro válvulas e faísca tripla tem 24 cavalos e 1,89 kgfm.

Este vídeo pode te interessar

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

Tags:

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais