ASSINE

BYD lança carro elétrico com foco em motoristas de aplicativo

Modelo foi desenvolvido em parceria com empresa chinesa voltada para transporte de passageiros; preços a partir de R$ 269.990

Tempo de leitura: 5min
Publicado em 26/07/2022 às 10h30
BYD lança o D1 EV para se tornar opção de mobilidade corporativa
BYD D1 EV chega ao Brasil focando o nicho de aplicativos e o de transporte corporativo. Crédito: BYD/Divulgação

A montadora chinesa BYD lançou oficialmente no Brasil o D1 EV, veículo elétrico com foco em motoristas de aplicativos, locadoras e transporte corporativo. Com preços partindo de R$ 269.990, o modelo chega disponível em duas versões de acabamento (GL e GS), com apenas uma opção de cor: branca.

Este é o terceiro veículo da BYD lançado no país em menos de um ano. Em 2021, a montadora anunciou duas opções de veículos elétricos para concorrer no mercado de luxo: o SUV de sete lugares Tan (a partir de R$ 519.990) e o sedã Han (a partir de R$ 539.990).

O D1 EV foi desenvolvido em parceria com uma empresa chinesa de mobilidade, que presta serviços de transporte, como táxi, car sharing, aluguel de carro e transporte de cargas. Por conta disso, o veículo traz características voltadas para transporte de passageiros, com a porta traseira direita deslizante motorizada.

BYD lança o D1 EV para se tornar opção de mobilidade corporativa
Modelo traz características voltadas para transporte de passageiros, com a porta traseira direita deslizante motorizada. Crédito: BYD/Divulgação

A aposta da montadora é conquistar o mercado brasileiro diante do aumento dos preços dos carros e, principalmente, dos combustíveis.

"A previsão é que sejam comercializadas até cinco mil unidades do D1 EV em um prazo de, no máximo, cinco anos”, avalia o diretor de vendas da BYD Brasil, Henrique Antunes.

AUTONOMIA DE 371 KM

Com uma autonomia de 371 quilômetros com uma única carga, o novo modelo da BYD possui baterias de 53 kWh e entrega 130 cv de potência e 18,3 kgfm de torque, sendo capaz de atingir uma velocidade de 130 km/h. Segundo a montadora, o tempo de recarga rápida das baterias é de 35 minutos em até 80% do total.

BYD lança o D1 EV para se tornar opção de mobilidade corporativa
Para conforto dos passageiros, veículo tem porta-copos e outras amenidades, como carregadores de energia e entradas USB. Crédito: BYD/Divulgação

O modelo vem equipado com itens de segurança, a começar pela bateria que, segundo a montadora, organiza células singulares em uma matriz e, em seguida, insere-as em um pacote de bateria, criando um espaço eficiente em comparação com outras baterias de células de lítio-ferro-fosfato (LFP).

Além disso, o BYD D1 EV tem frenagem automática de emergência (AEB), aviso de saída de faixa (LDW) e de colisão de pedestres (PCW), além de alerta de mudança de faixa por vibração no volante. Também traz o Driver Monitoring System (DMS), volante com alertas de segurança e funções de resposta, sistema de monitoramento e análise de voz, vídeo e tecnologia de reconhecimento de objetos, além de freio de emergência automático.

DESIGN FUNCIONAL

Por ser um carro projetado para o ambiente corporativo, o design dele é bastante funcional, sem grandes surpresas. Além da porta traseira direita, que é deslizante, o modelo possui assoalho plano e altura menor em relação ao solo (12,5 cm), contribuindo para o acesso de pessoas com mobilidade reduzida.

Por fora, ele é um monovolume, sem surpresas, com espaço para cinco ocupantes e mede 4.390 mm de comprimento,1.650 mm de altura e 1.850 mm de largura, tendo entre-eixos de 2.800 mm. As demais portas abrem de forma convencional, inclusive a traseira do lado esquerdo.

O modelo vem equipado com faróis dianteiros alógenos, com ajuste de altura manual e luzes de circulação diurna (DRL), lanternas traseiras em LED e faróis traseiros de neblina. Detalhe para a iluminação na porta deslizante, que projeta no chão a palavra “Welcome”, dando boas-vindas ao passageiro.

BYD lança o D1 EV para se tornar opção de mobilidade corporativa
Detalhe fica para a iluminação na porta deslizante, que projeta no chão as boas-vindas aos passageiros. Crédito: BYD/Divulgação

O BYD D1 EV tem ainda vidros elétricos, maçanetas externas da mesma cor do veículo, acabamento cromado em detalhes externos e pneus de 16 polegadas com estepe de uso temporário.

CONFORTO INTERNO

O modelo tem volante de três raios com ajuste de profundidade e de altura com direção elétrica, retrovisor antiofuscante manual e chave de partida presencial. No interior, há suporte para telas de entretenimento, bagageiro para malas de viagem com cerca de 400 litros e espaço para pernas e bolsas. Os bancos são em couro sintético.

Além disso, o veículo apresenta controlador de velocidade adaptativo, acendimento automático dos faróis, ar-condicionado dual zone, acesso por chave presencial e partida por botão. As luzes de leitura são direcionadas para não ofuscar a visão. Na frente, a central multimídia de 10,1 polegadas concentra sistemas de entretenimento e outras funções do veículo.

BYD lança o D1 EV para se tornar opção de mobilidade corporativa
BYD D1 EV é 100% elétrico, tem chave de partida presencial e tela multimídia de 10,1 polegadas. Crédito: BYD/Divulgação

Há também slots com porta-copos e outras amenidades, como carregadores de energia e entradas USB. Ainda é possível selecionar a temperatura do ar-condicionado ou aquecimento, antes de iniciar o trajeto.

Outro detalhe é que o BY D1 EV tem uma configuração especial para taxistas, segundo consta na ficha técnica do modelo. Ele vem com sensor de velocidade eletrônico, além de interfaces para placa luminosa no teto e taxímetro.

FICHA TÉCNICA

BYD lança o D1 EV para se tornar opção de mobilidade corporativa
Modelo vem equipado com frenagem automática, aviso de saída de faixa e de colisão de pedestres. Crédito: BYD/Divulgação

BYD D1 EV

  • Potência nominal 35 kW
  • Potência máxima: 100 kW
  • Torque nominal: 70 Nm
  • Torque máximo: 180 Nm
  • Voltagem: 396,8 volts
  • Capacidade da bateria: 53,56 kWh
  • Tipo de carregamento: Tipo 2 / CCS2 (AC 7kW / DC 60kW)
  • Tempo de carregamento: 35mins (30%~80%) / 1.5h (0~100% carregamento DC) / 9h (0~100% carregamento AC)
  • Tipo da bateria: LFP
  • Transmissão: modelo BYDNT18
  • Tempo de aceleração de 0~100 km/h: < 14 segundos
  • Velocidade máxima: 130 km/h
  • Combustível: 100% elétrico
  • Tração: direção frontal
  • Gerenciamento da bateria: Sistema de resfriamento e aquecimento (aquecimento da água com PTC)
  • Potência de carregamento: AC 7kW / DC 60kW
  • Padrão de carregamento: CCS Combo2
  • Carregador de bordo: 7kW
  • Suspensão: McPherson na dianteira e barra de torção na traseira
  • Freios: a disco dianteiro ventilado e a disco traseiro
  • Sistema de direção: elétrica
  • Seleção de marcha: rotativo
  • Pneus: 195/60R16
  • Freio de estacionamento: eletrônico (EPB)
  • Comprimento: 4.390 mm
  • Largura: 1.850 mm
  • Altura: 1.650 mm
  • Distância entre eixos (mm): 2.800 mm
  • Altura livre do solo carregado: 125 mm
  • Peso em ordem de marcha: 1640 kg
  • Volume do porta malas: > 400 litros
  • Ângulo de entrada / saída: 15 / 18
  • Capacidade de rampa: 30%
  • Partida em rampa: 255%

Com informações da BYD.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Carro Elétrico Motor Elétrico BYD lançamentos de carros 2022 Lançamentos de Carros 2022 no Brasil byd d1

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.