ASSINE

Por que Vila Velha é uma das 4 cidades onde os imóveis mais valorizam no país?

Imóveis do município tiveram alta de 20,24% em 2021, ficando atrás apenas de três cidades de SC e na frente de Vitória, que chegou a 19,86% de valorização

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 22/02/2022 às 10h52
Imagem aérea da Praia de Itaparica em Vila Velha
Praia de Itaparica, em Vila Velha: áreas mais próximas ao mar atraem futuros compradores. Crédito: Luciney Araújo

Pesquisa recente do índice FipeZap mostrou que Vila Velha foi um dos municípios que mais valorizou no Espírito Santo, chegando ao 4º lugar ficando atrás apenas de três cidades de Santa Catarina (Itajaí, Itapema e Balneário Camboriú). Os imóveis da cidade canela-verde acumularam alta de 20,24% em 2021, enquanto que a Capital, Vitória, veio logo em seguida, com valorização de 19,86% (foi a capital brasileira com o maior índice de valorização no período).

Reforçando esse cenário, há os dados do 37º Censo Imobiliário do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Espírito Santo (Sinduscon-ES), onde o município esteve na ponta dos lançamentos no primeiro semestre do ano passado.

Dos 123 empreendimentos em construção, Vila Velha ficou com 52, totalizando 7.287 unidades, enquanto Vitória vem em segundo lugar, com 2.549 unidades. E também se destacou na quantidade de lançamentos realizados no primeiro semestre de 2021: do total de 28 empreendimentos registrados no Censo, o município recebeu 14, Vitória, 11 e a Serra, 3.

Segundo o diretor da Associação de Dirigentes das Empresas do Mercado Imobiliário do Espírito Santo (Ademi-ES), Alessandro Torezani, há três fatores que influenciam essa valorização: adequação de preços com relação à Capital, espaços para crescimento de forma ordenada e iniciativa da administração municipal.

Alessandro Torezani

Diretor da Ademi-ES

"Como há espaços para crescer em Vila Velha, as empresas buscam fazer melhores projetos, atraindo um comprador com um tíquete mais alto. Por outro lado, temos o reajuste por acomodação com relação aos valores do metro quadrado praticados em Vitória. E há o trabalho da administração pública, que tem cuidado para planejar ações que valorizem o município"

A equiparação de valores é um dos pontos também ressaltados pelo consultor do mercado imobiliário Juarez Gustavo Soares. Segundo ele, os valores de Vila Velha estão ainda muito defasados com relação a Vitória, já que as duas cidades atingem a mesma segmentação imobiliária.

“Vitória teve uma valorização muito expressiva em 2020 e isso a distanciou de Vila Velha. Portanto, os índices de valorização de 2021 da cidade são parte de um movimento de equalização e composição de preços comparativos a Vitória, que é o referencial de valores no Estado”, comenta.

POTENCIAL TURÍSTICO

Para o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis da 13ª Região (Creci-ES), Aurelio Capua Dallapicula, o potencial turístico do Estado, somado aos lançamentos e também por ser um município com muito espaço para crescer estão entre os principais motivos.

Aurelio Capua Dallapicula

Presidente do Creci-ES

"A tendência é continuar essa valorização crescente de Vila Velha, por causa do crescimento e do potencial do Espírito Santo. Uma notícia muito favorável é o ingresso de divisas com relação à privatização do porto de Vitória, que irá trazer oportunidades ao Estado e, consequentemente, ao mercado imobiliário"

Já o empresário do setor, diretor da Chiabai Imóveis, Fabio Chiabai, também ressalta os valores, que ainda estão bem competitivos, além de terrenos próximos ao mar e grandes espaços para novos lançamentos.

“Temos ainda mais terrenos disponíveis, muito mais perto da praia, mais em conta com relação a preços e possibilidade de mais qualidade de vida. Sem contar que as construções são mais afastadas e nos grandes espaços, temos ainda lançamentos de empreendimentos de luxo e de alto padrão”, avalia

7 MOTIVOS PARA A VALORIZAÇÃO DE VILA VELHA EM 2021

  1. 01

    Equalização de preços

    Vitória teve uma valorização bastante expressiva em 2020, distanciando os preços de Vila Velha, cujo mercado imobiliário atinge a mesma segmentação da Capital. Com a chegada de mais lançamentos na cidade canela-verde, tem havido o movimento de equalização e composição de preços comparativos a Vitória, que é a praça referência de valores no Espírito Santo.

  2. 02

    Oferta e demanda

    Por não ter uma quantidade expressiva de lançamentos nos últimos anos, Vila Velha voltou a se tornar atrativa para o mercado imobiliário recentemente. O município tem hoje a maior quantidade de unidades em lançamento e em construção, segundo o Censo do Sinduscon-ES. Isso faz com que os preços dos lançamentos sejam atualizados.

  3. 03

    Os atrativos da região

    Por ser ainda um município com uma quantidade maior de terrenos próximos à praia, Vila Velha se torna alvo de interesse do mercado e de quem busca esse diferencial na moradia. Junto a isso, há bairros mais planejados, com ruas mais largas e melhor mobilidade urbana.

  4. 04

    Mais espaço

    A quantidade de espaço para crescer é outro grande diferencial do município e que tem impulsionado a sua valorização, já que Vitória é uma ilha e já está bastante adensada. Em Vila Velha, há a possibilidade, inclusive, de criar novos bairros planejados por ainda haver regiões pouco adensadas.

  5. 05

    Administração pública

    As ações da administração do município para criar atrativos tanto turísticos quanto relacionados à mobilidade urbana e aprovação de projetos também se destacam para contribuir com a valorização de Vila Velha.

  6. 06

    Potencial do Espírito Santo

    O potencial turístico e de negócios do Espírito Santo atrai também o interesse para o mercado imobiliário, onde Vila Velha é uma das cidades de maior destaque para a chegada de novos empreendimentos.

  7. 07

    Empreendimentos de alto padrão

    Com a existência de grandes espaços para crescer, os lançamentos também têm sido mais focados em um público com um tíquete médio mais alto. São compradores que veem valor em adquirir um imóvel mais caro pela proposta contida no empreendimento.

Fonte: especialistas consultados

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Grande Vitória Praia da Costa Vila Velha Vitória (ES) imóveis Praia de Itaparica Mercado imobiliário Alto Padrão Jockey de Itaparica Imóveis

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.