ASSINE

Motorista bêbado atropela motoboy e tenta fugir em Vila Velha

Testemunhas afirmaram que o motorista do carro estava em alta velocidade e tentou fugir sem ajudar a vítima; ele foi submetido ao teste do bafômetro e estava embriagado

Publicado em 15/01/2021 às 23h00
Atualizado em 18/01/2021 às 11h58
Motoboy atropelado em Itapuã
O estado em que a moto ficou após o acidente em Vila Velha. Crédito: Reprodução | TV Gazeta

Um motoboy de 27 anos foi atropelado por Fernando Nascimento Zatta, de 59 anos, que dirigia bêbado um veículo Volvo no bairro Itapuã, em Vila Velha, por volta das 20h30 desta sexta-feira (15). Testemunhas afirmaram que o homem estaria em alta velocidade e se chocou contra o motoboy, arrastando-o por cerca de 50 metros e arrancando sem prestar socorro à vítima. Na fuga, o motorista do carro foi alcançado por outros motociclistas, que o interceptaram no bairro Praia da Costa, também em Vila Velha, e acionaram a polícia. O motoboy atropelado foi levado a um hospital por uma ambulância do Samu.

O motorista do carro foi submetido ao exame do bafômetro, que confirmou o consumo de bebida alcoólica em 1,19 mg de álcool por litro de ar. A esposa também fez o teste e teve resultado negativo. Ele foi levado para a Delegacia Regional de Vila Velha.

Motoboy atropelado em Itapuã
O veículo utilizado pelo motorista embriagado. Crédito: Reprodução | TV Gazeta

De acordo com informações da TV Gazeta, divulgadas nesta segunda-feira (18), o motoboy sofreu fratura, foi levado para o Hospital Antônio Bezerra de Faria e vai passar por uma cirurgia no fêmur. O motorista foi autuado em flagrante por dirigir embriagado, ter atropelado e por não ter prestado socorro. Ele foi encaminhado para o presídio, mas foi solto neste domingo (17), após audiência de custódia, e teve a habilitação cassada. 

Demandada pela reportagem, a defesa do suspeito, realizada pelo advogado Anderson Burke, declarou que "a única preocupação do meu cliente e de sua família no momento é prestar toda a assistência necessária e solidariedade ao motoqueiro acidentado, bem como colaborar com as autoridades competentes no esclarecimento dos fatos".

Em nota, a Polícia Civil informou ainda que o suspeito de 59 anos, conduzido à Delegacia Regional de Vila Velha, foi autuado em flagrante por lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e por estar com a habilitação, cassado o direito de dirigir, gerando perigo de dano. Ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.

De acordo com o termo da audiência de custódia realizada neste domingo, o suspeito teve a liberdade provisória condicionada ao pagamento de uma fiança no valor de R$ 6 mil, além de ter sido proibido de sair da Grande Vitória sem autorização do juiz. Outras restrições também foram impostas: como a de comparecimento a todos os atos do processo, devendo manter endereço atualizado; o recolhimento domiciliar de 20h às 6h; o comparecimento em até 5 dias úteis ao juízo.

Motoboy atropelado em Itapuã
Delegacia Regional de Vila Velha. Crédito: Reprodução | TV Gazeta

Um colega de trabalho da vítima, que não quis ser identificado, afirmou que o motoboy estava correto e acabou sendo atingido pelo motorista do carro quando cruzava uma avenida principal. Segundo a testemunha, o rapaz ficou bastante machucado. “O motorista passou correndo, pegou o motoboy, virou a rua e empreendeu fuga na contramão. Fui atrás e peguei ele em um cruzamento da Rua São Paulo com a Maranhão. Ele estava completamente embriagado”, disse.

“Eu estava entrando na rua, e o motoboy estava na principal. Nisso, esse rapaz estava na mesma rua que eu. Quando ele foi passar, bateu nele, jogou em cima do para-brisa do carro e, em vez de parar e dar assistência, ele arrancou e foi embora. O motoboy caiu 100 metros mais à frente, se machucou todo”, alegou.

Outra testemunha, que também preferiu não ser identificada, afirmou que estava comendo com suas filhas e viu o acidente acontecer. Ela contou que a vítima ficou bastante machucada e a moto foi bastante danificada. A mulher ainda disse que, depois do acidente, os outros motoboys que estavam próximos ao local tentaram alcançar o motorista.

“Eu estava fazendo um lanche com minha filhas, esse senhor bateu na moto e fugiu. O rapaz está lá caído no chão, a moto dele tá toda quebrada. Todos os motoboys saíram correndo e conseguiram pegar ele. Ele bateu em outro carro, parece que está bêbado, estava em alta velocidade”, afirmou.

Atualização

18 de Janeiro de 2021 às 11:02

Após a publicação desta matéria, a reportagem de A Gazeta teve acesso ao termo da audiência de custódia em que constam o nome do motorista, Fernando Nascimento Zatta, além de informações sobre as condicionantes para a liberdade provisória dele. As informações foram atualizadas no texto.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.