ASSINE

Após chuvas, número de desalojados sobe e passa de 300 no Sul do ES

Outras 102 pessoas estão desabrigadas, ou seja, não têm local para ficar e estão sendo acolhidas em abrigos

Publicado em 19/01/2020 às 18h13
Atualizado em 20/01/2020 às 11h40
Chuva deixa mortos e  município de Iconha fica destruído . Crédito: Reprodução / TV Gazeta
Chuva deixa mortos e município de Iconha fica destruído . Crédito: Reprodução / TV Gazeta

O número de pessoas desalojadas por causa das últimas chuvas que atingiram o Espírito Santo já somam 324 no Sul do Estado. Somente em Vargem Alta, 212 pessoas tiveram que deixar suas casas por causa dos riscos e efeitos provocados pela chuva. Os dados foram divulgados pela Defesa Civil Estadual, às 17h deste domingo (19).

Estas pessoas estão permanecendo temporariamente na residência de familiares ou amigos, até conseguirem voltar para casa.

DESABRIGADOS

Outras 102 pessoas estão desabrigadas e, por não terem local para ficar, estão sendo acolhidas em abrigos dos municípios. Vargem Alta também possui o maior número de desabrigados, são 63. Eles estão divididos entre a Escola Estadual Presidente Luebke e a Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Pedra Branca.

Já Iconha, segundo município com maior número de pessoas que não têm para onde ir (35, ao todo), acolhe os moradores na Igreja Católica. O município é um dos mais atingidos pelas fortes chuvas, que começaram na última sexta-feira (17). A cidade foi tomada por uma enxurrada, que carregou móveis, carros e pessoas (veja vídeo).  Seis mortes foram registradas até a tarde deste domingo (19), sendo três delas em Iconha. 

Confira os municípios que possuem pessoas desalojadas e desabrigadas por causa das chuvas no Estado: 

DESALOJADOS

  • Vargem Alta - 212
  • Anchieta - 92
  • Rio Novo do Sul - 9

DESABRIGADOS

  • Vargem Alta - 63
  • Iconha - 35
  • Rio Novo do Sul - 4 (Encaminhados para aluguel social)

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.