ASSINE

Recuperado da Covid-19, prefeito de Aracruz reassume o cargo

Dr. Coutinho (Cidadania) ficou internado, passou até pela UTI, mas recebeu alta e está despachando de casa

Rede Gazeta
Publicado em 05/03/2021 às 10h14
Atualizado em 05/03/2021 às 10h14
Doutor CCoutim
Aos 73 anos, Dr. Coutinho chegou a ficar internado na UTI, mas já está em casa. Crédito: Reprodução | Redes Sociais

O prefeito de Aracruz, no Norte do Espírito Santo, Luiz Carlos Coutinho, o Dr. Coutinho (Cidadania), reassumiu o cargo nesta quinta-feira (04), após ter sido diagnosticado com Covid-19, ser hospitalizado e receber alta. O prefeito já está no município e segue despachando de casa. Coutinho, que tem 73 anos, ficou internado por 15 dias. O vice, Beto Vieira (PP), ficou interinamente à frente do município. 

O prefeito recebeu diagnóstico positivo para a Covid-19 no dia 15 de fevereiro. No início do tratamento, o prefeito ficou em isolamento domiciliar, trabalhando remotamente. Na noite do dia 15, a família optou por internar Coutinho e deixá-lo em isolamento em um quarto do Hospital Maternidade São Camilo, em Aracruz.

Na quarta-feira (17), ele foi transferido para o Hospital Unimed Vitória. Segundo os filhos do prefeito, a transferência foi realizada, pois, caso a doença se agravasse, não haveriam leitos de UTI em Aracruz, uma vez que o município estava com ocupação de 100%. 

Na quinta-feira (18), o vice-prefeito assumiu interinamente o comando da prefeitura. De acordo com a Lei Orgânica Municipal, o prefeito, impossibilitado de exercer o cargo por motivo de doença devidamente comprovada, tem que ser substituído e sucedido pelo vice.

Na segunda-feira (22), Coutinho foi transferido para um leito de UTI. Ele fez uso de oxigênio suplementar, mas sem necessidade de intubação. Coutinho deixou o leito de UTI no domingo (28) e, no dia 2 de março recebeu alta, mas seguiu em observação.

Não há previsão de quando o prefeito vai passar a trabalhar na sede da prefeitura. 

AGRADECIMENTO

Após a recuperação, o prefeito agradeceu às orações e aos envolvidos no tratamento: “Com muita gratidão a Deus, agradeço de coração, todas as orações, apoio e profissionalismo das equipes dos Hospitais São Camilo e Unimed Vitória: equipe médica, enfermagem, auxiliares, fisioterapeutas, psicólogas e equipe de limpeza. Agradeço também pelas palavras de conforto, incentivo e apoio da minha família e de todo povo aracruzense”.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.