ASSINE

Pesquisa Ibope: Locutor teria 34% e Euclério, 27% em segundo turno em Cariacica

Em uma simulação de 2° turno entre os dois candidatos que lideram em votos válidos no 1° turno, Sandro Locutor levaria a melhor. Mas disputa segue embolada na cidade: 36% dos eleitores entrevistados admitiram que ainda podem mudar de ideia

Vitória
Publicado em 13/11/2020 às 20h01
Atualizado em 13/11/2020 às 21h32
Pesquisa Ibope - Eleições 2020 - 2º turno em Vila Velha
 Euclerio Sampaio e Sandro Locutor lideram intenções de voto em Cariacica, mas são seguidos de perto por adversários em disputa que segue embolada a dois dias da eleição. Crédito: Arte Geraldo Neto

A disputa pela Prefeitura de Cariacica deve ser decidida apenas no 2º turno, no dia 29 de novembro. Em pesquisa eleitoral realizada pelo Ibope no município a pedido da Rede Gazeta e publicada nesta sexta-feira (13), Sandro Locutor (PROS) e Euclério Sampaio (DEM) aparecem liderando as intenções de voto com 18% e 16%, respectivamente, empatados tecnicamente. Em um eventual 2º turno com esse cenário, no entanto, Sandro Locutor levaria a melhor.

O ex-deputado estadual tem 34% das  intenções de voto enquanto Euclério aparece com 27%. É expressivo, também, o número de eleitores que responderam que votariam em branco ou anulariam o voto nessa situação: 27%. Outros 13% não souberam ou não quiseram responder.

O cenário da disputa no município ainda é nebuloso, com seis candidatos tecnicamente empatados, quando considerado o extremo da margem de erro, de cinco pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa mostrou, ainda, que 36% dos eleitores entrevistados admitiram que ainda podem mudar o voto. Outros 55% consideram a posição definitiva. 

SIMULAÇÃO DE SEGUNDO TURNO

E se a eleição para prefeito de Cariacica tiver um segundo turno, em quem o(a) sr(a) votaria se tivesse que escolher entre:

Sandro Locutor tem a maior parte de seu eleitorado entre os mais jovens. 42% dos entrevistados que tem entre 16 a 24 anos disseram que votariam nele em um segundo turno contra o demista. Já Euclério domina entre os mais velhos: 40% dos que têm mais de 55 anos votariam nele.

Quando se olha o recorte da escolaridade, 41% dos que têm ensino superior disseram que preferiam anular o voto, ou votar em branco, do que votar em um dos dois candidatos. Outros 30% votariam em Euclério. Sandro Locutor tem mais votos entre os que estudaram menos: 39% dos que fizeram até o ensino médio.

DISPUTA ACIRRADA

A corrida em Cariacica continua embolada. O empate técnico, no limite de margem, se dá entre seis candidatos, ou seja, nenhum se destacou com ampla vantagem. Os que seguem logo atrás de Sandro Locutor e Euclério no primeiro turno são Celia Tavares (PT) e Marcos Bruno (Rede) com 10% das intenções de voto, considerando os votos válidos. 

O cenário se desenha de forma favorável para o Palácio Anchieta. Tanto Euclério quanto Locutor são alinhados ao governo Casagrande. O primeiro tem o apoio do colega de Assembleia Legislativa Marcelo Santos (Podemos), uma das principais lideranças políticas de Cariacica. Marcelo garante que o apoio ao amigo foi alinhado com o governador. Foi ele, também, quem trouxe para a coligação do demista o Republicanos, partido do presidente da Assembleia, Erick Musso. 

Amaro Neto (Republicanos), no entanto, escolheu apoiar Locutor. 

Confirmando que pode haver mudanças de última hora está o percentual de eleitores que admitem que podem mudar de ideia. Dentre os que disseram que votariam em Sandro Locutor, 31% disseram que podem trocar de candidato. Entre os que disseram que votariam em Euclério, o número é de 38%.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.