ASSINE

Guerino Zanon, Marcos Garcia e Eliana Dadalto definem vices em Linhares

Os três candidatos a prefeito realizaram suas convenções na noite de terça-feira (15). Luiz Durão e José Carlos Elias, ex-prefeitos da cidade, devem definir quem vão apoiar nesta quarta

Publicado em 16/09/2020 às 12h49
Marcos Garcia (PV); Ozéias Farias e Eliana Dadalto (Podemos); Guerino Zanon (MDB)
Marcos Garcia (PV); Ozéias Farias e Eliana Dadalto (Podemos); Guerino Zanon (MDB). Crédito: Reprodução

A noite desta terça-feira (15) marcou a oficialização de três candidaturas à Prefeitura de Linhares. O MDB confirmou o atual prefeito Guerino Zanon como candidato à reeleição, com o apoio de Amaro Neto (Republicanos) e Audifax Barcelos (Rede); o PV lançou o deputado estadual Marcos Garcia como apoio do PSB e outros partidos da base aliada do governador Renato Casagrande (PSB); e a ex-deputada estadual Eliana Dadalto (Podemos) vai para o pleito com uma chapa puro-sangue.

Durante os eventos, os partidos também definiram os nomes para compor chapas majoritárias. Guerino terá o ex-secretário municipal de Finanças e Planejamento Bruno Marianelli (Republicanos) como vice-prefeito da candidatura dele. Ao lado de Marcos Garcia estará o ex-presidente do Sindicato rural de Linhares Antônio Robert Bourgnion (PP). Eliana Dadalto contará com o jornalista e radialista Ozéias Farias (Podemos) como vice na chapa.

Guerino tem o apoio da Rede, do PSC, do PTB, do PSDB e do Republicanos para concorrer à reeleição. Em seu discurso, o prefeito disse que a continuidade da gestão é importante para finalizar os projetos iniciados no governo dele. O prefeito já está no quarto mandato no comando da cidade. 

"Pegamos um município em meio a uma crise institucional e financeira no país, entre 2015 e 2019, e com a pandemia em 2020. Mesmo assim, Linhares atraiu investimentos e é uma das cidades que se destacam no país", pontuou.

CANDIDATO DA BASE DO GOVERNO ESTADUAL

Marcos Garcia uniu os partidos da base aliada de Casagrande em torno de si em Linhares. A candidatura dele recebeu o apoio do PSB, do DEM, do Cidadania e do PP.

Durante o final de semana, ele e o também candidato a prefeito Lucas Scaramussa (DC) chegaram a discutir a possibilidade de fechar um bloco para enfrentar o atual prefeito na cidade. Contudo, as conversas não avançaram e cada um manterá o próprio nome nas urnas.

"Estamos construindo nossas propostas de campanha com os outros partidos. Nossa candidatura conta com os partidos que são base do governo. O partido do governador está conosco, conversei com ele e estamos alinhados. Acredito que, em momento oportuno, ele vai se posicionar", afirmou.

OPOSIÇÃO E FOCO EM POLÍTICAS SOCIAIS

Eliana Dadalto, do Podemos, tem o apoio de PSL e Avante na eleição municipal. A ex-deputada e o partido dela têm se colocado como oposição mais firme ao atual prefeito. Para Eliana, embora a cidade venha crescendo economicamente, Guerino tem deixado a desejar no campo social.

"Na educação e na saúde, não temos visto Linhares oferecer condições melhores para os moradores. Fazem uma maquiagem, pintam as escolas, mas lá dentro falta estrutura, material de apoio e valorização do profissional. Na saúde, sempre defendi a estadualização do Hospital Geral de Linhares (HGL). O município precisa usar esse investimento em saúde básica e deixar o serviço de emergência para o Estado. Acredito que o eleitor de Linhares queira mudança", disse.

EX-PREFEITOS ESTÃO DE MOLHO

Ainda influentes na política do município, os ex-prefeitos de Linhares Luiz Durão (PDT) e José Carlos Elias (PTB), lançados como pré-candidatos, não devem disputar as eleições. José Carlos Elias foi o primeiro a se"aposentar", segundo ele, por influência da família.

Luiz Durão afirmou estar propenso a retirar sua candidatura devido ao risco de contágio pelo novo coronavírus. Ressaltou, contudo, que só vai definir o que fará após a convenção partidária.

As legendas dos dois ex-prefeitos conversam com outras siglas para definir com qual candidato ao Executivo municipal farão aliança. Entre os nomes que avançaram nas tratativas estão Marcos Garcia e Eliana Dadalto. PDT e PTB realizam convenção nesta quarta-feira (16), último dia do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.