ASSINE

"É criptonita pura", diz secretário do ES sobre gestão de Bolsonaro

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, se manifestou sobre a saída de Nelson Teich do Ministério da Saúde

Publicado em 15/05/2020 às 15h10
Atualizado em 15/05/2020 às 21h03
Secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes aponta vantagens no modelo de fundação estatal
Secretário Nésio Fernandes criticou a postura do presidente . Crédito: Tati Beling/Ales

secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) após o anúncio do pedido de demissão do ministro da Saúde, Nelson Teich. Nesta sexta (15), o governador Renato Casagrande (PSB) comentou que o Brasil está à deriva no enfrentamento da crise do novo coronavírus. A saída de Teich ocorre antes de completar um mês no cargo. Ele havia substituído Luiz Henrique Mandetta.

Em publicação no Twitter, Nésio sugeriu que nem mesmo o super-homem, herói dos quadrinhos e do cinema, seria capaz de resistir às pressões políticas após aceitar o cargo no governo federal.  "Coloque o super-man de Ministro da Saúde no Brasil e com o teto baixo deste governo ele não consegue nem ficar de pé, muito menos de voar.  Este governo é criptonita pura". Na trama, "criptonita" é um mineral capaz de enfraquecer o super-homem.

A presidente do Conselho dos Secretários Municipais de Saúde do Espírito Santo (Cosems-ES), Cátia Lisboa, avaliou que a saída do ministro prejudica a condução das políticas públicas ligadas à saúde. Ela afirma que neste cenário o Cosems-ES reafirma o protagonismo no apoio aos municípios.

"No momento em que o SUS enfrenta uma crise sanitária sem precedentes, vivemos uma descontinuidade de ações e diretrizes no âmbito federal, que podem comprometer o financiamento para os municípios, trazendo implicações no custeio e investimento da assistência. Estamos diante uma guerra contra um exército inimigo, silencioso e invisível", lamentou.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.