ASSINE

Tragédia em São Mateus: parentes de vítimas sentem alívio com prisão

Motorista que atropelou e matou duas mulheres e fugiu sem prestar socorro foi preso nesta quarta-feira (3), quase seis meses depois do acidente

Tempo de leitura: 3min
Linhares
Publicado em 04/08/2022 às 13h31
Familiares de vítimas se dizem aliviados pela prisão, mas esperam por Justiça
Familiares de vítimas se dizem aliviados pela prisão, mas esperam por Justiça. Crédito: Raphael Verly

Quase seis meses após a morte das trabalhadoras rurais Janaina Barcelos Gomes, de 28 anos, e Tatiane Almeida Monteiro, de 26, atropeladas na rodovia BR 381, em São Mateus, no Norte do Espírito Santoo principal suspeito, o motorista Darckson Teixeira Gomes, de 27 anos, foi preso nesta quarta-feira (3). Para familiares e amigos das vítimas, esse tempo sem respostas foi angustiante e a prisão traz "sentimento de alívio".

O processo está em segredo de Justiça, por isso as pessoas próximas não tinham acesso às informações sobre o caso. “Eu fico satisfeito com a prisão. O sentimento ainda é muito forte. Falar isso é meio pesado, mas pelo menos ele não vai tirar mais vidas. Minha filha era muito batalhadora, muito guerreira. Dói demais não ter ela comigo hoje”, disse Benedito Gomes, pai de Janaína, emocionado.

Companheiro de Janaína, Renato Nunes disse que espera que a Justiça seja feita. “Alívio por ele estar preso, mas a tristeza e dor ficam porque elas não voltam mais. Agora, sim, a Justiça vai ser feita, que era o que esperávamos. Só quero que ele pague pelo que fez”, contou.

Irmã de Tatiane, Eduarda Almeida relatou que a notícia da prisão trouxe mais tranquilidade para a família. “Tirou um peso nas nossas costas saber que ele não está mais solto. Minha mãe disse que iria deitar no travesseiro mais tranquila. Tatiane era uma força em pessoa”, falou.

Janaina Barcelos Gomes e Tatiane Almeida Monteiro
Janaina Barcelos Gomes e Tatiane Almeida Monteiro. Crédito: Arquivo das famílias

Responsável pela investigação do caso, o delegado Isaac Gagno informou como ocorreu a prisão e o trabalho de cooperação com os policiais civis da Grande Vitória. “O Ministério Público entendeu que o homicídio foi intencional e denunciou desta forma. A princípio, tínhamos feito um pedido de prisão, que o juiz não acatou. Recentemente saiu este mandado de prisão, talvez porque ele estava foragido e isso é motivo para a prisão. Nós descobrimos onde ele estava e pedimos para a polícia em Vitória para prendê-lo”.

PRISÃO

Homem foi preso em Vitória
Homem foi preso em Vitória. Crédito: Divulgação/PCES

Darckson foi preso nesta quarta-feira (3) no Centro de Vitória, enquanto trabalhava em uma empresa de instalação de internet. Ele já tinha um mandado de prisão em aberto, emitido pela 1ª Vara Criminal de São Mateus, e foi encontrado por policiais civis, que realizaram a ação após receberem informações da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de São Mateus.

De acordo com a Secretaria de Estado de Justiça (Sejus), na manhã desta quinta-feira (4), ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

RELEMBRE O ACIDENTE

O acidente ocorreu na tarde do dia 12 de fevereiro e foi registrado por uma câmera de videomonitoramento. Nas imagens, é possível ver Tatiane e Janaína no acostamento da rodovia federal, quando o carro surgiu em alta velocidade e atropelou as duas com violência, como mostra o vídeo abaixo.

O motorista não prestou socorro e seguiu com o veículo após o atingir as trabalhadoras. Depois, ele deixou o carro em um local que fica cerca de 10 km de onde ocorreu o atropelamento, segundo testemunhas.

A reportagem de A Gazeta tenta contato com a defesa do motorista. Assim que houver retorno o texto será atualizado.

*Com informações de Rosi Bredofw, da TV Gazeta Norte

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.