ASSINE

Suspeito de envolvimento em morte de mulher é preso em Linhares

Paulinho, como é conhecido, era procurado por suposto envolvimento na morte de uma mulher e por participar ativamente do furto de objetos e bens do Incaper

Linhares
Publicado em 19/10/2021 às 12h14
auto-upload
Paulo Roberto Alves Nascimento, de 28 anos. Crédito: Divulgação PCES

Polícia Civil prendeu, no fim da tarde desta segunda-feira (18), Paulo Roberto Alves Nascimento, de 28 anos, em LinharesNorte do Espírito Santo. Paulinho, como é conhecido, era procurado por suposto envolvimento na morte de uma mulher e por participar ativamente do furto de objetos e bens da unidade do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), no município.

As investigações apontam que o homem já foi indiciado por posse ilegal dar armas de fogo, comprando quatro armas legais em seu nome e as revendendo a criminosos. Segundo as apurações, Paulinho ainda locava veículos  no nome dele, que eram adulterados para que outros criminosos pudessem usá-los e cometer crimes.

Depois que os veículos eram usados para prática de crimes, as adulterações eram retiradas e eles eram devolvidos para locadora. O preso foi interrogado pelos policiais civis e encaminhado à Penitenciária Regional de Linhares (PRL), onde está à disposição da Justiça.

Este vídeo pode te interessar

MORTE DE MULHER

Segundo a Polícia Civil, o homem está envolvido na morte de Mayara dos Santos, de 30 anos, no dia 19 de setembro. A mulher estava em uma confraternização quando homens encapuzados e armados entraram atirando. Segundo a Polícia Militar, sete pessoas, incluindo crianças, estavam bebendo e comendo no quintal da residência. Mayara morreu no local do crime e outras três pessoas foram atingidas pelos disparos. Ainda de acordo com a PM, não havia nenhum mandado contra os baleados.

ROUBO DE AR-CONDICIONADO DO INCAPER

Os policiais civis conseguiram comprovar que o elemento, proprietário de uma empresa de refrigeração, participou ativamente do roubo a diversos aparelhos de ar-condicionado do Incaper. O prédio do instituto estava pronto para ser inaugurado e sofreu a invasão de criminosos no dia 17 de janeiro. Além dos 30 aparelhos de ar-condicionado, os indivíduos levaram parte do sistema elétrico, vasos sanitários, pias e portas da construção.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Linhares Polícia Civil linhares ES Norte

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.