ASSINE

Mulher morta em quintal no ES: polícia investiga crime de vingança

Vítima estava em uma confraternização. Outras três pessoas foram atingidas pelos disparos. Duas delas continuam internadas e uma foi liberada

Linhares
Publicado em 20/09/2021 às 12h59
Mayara dos Santos morreu no local do crime após ser atingida pelos disparos.
Mayara dos Santos morreu no local do crime após ser atingida pelos disparos. Crédito: Facebook

assassinato de uma mulher na tarde deste domingo (19) em Linhares, no Norte do Espírito Santo, é tratado pela Polícia Civil como possível crime de vingança. A afirmação foi feita pelo delegado Fabrício Lucindo à reportagem da TV Gazeta Norte, na manhã desta segunda-feira (20).

Mayara dos Santos, de 30 anos, estava em uma confraternização no quintal de uma casa, no bairro Interlagos. Três homens encapuzados e armados entraram no local atirando. Outras três pessoas foram atingidas pelos disparos. Duas delas continuam internadas e uma foi liberada.

De acordo com a Polícia Militar, sete pessoas estavam bebendo e comendo no quintal da residência, incluindo crianças, quando os três indivíduos efetuaram tiros na direção do grupo. Ainda segundo a PM, não havia nenhum mandado contra as pessoas que foram baleadas.

VINGANÇA

Em conversa com a reportagem da TV Gazeta Norte, na manhã desta segunda-feira (20), o delegado Fabrício Lucindo afirmou que o crime pode ter sido provocado por vingança.

“A gente está tratando o caso como possível crime de vingança. Os autores praticaram o crime motivados por vingança. Os três elementos chegaram encapuzados, segundo a perícia e a Polícia Militar, no local onde estava havendo uma confraternização e já efetuaram disparos contra todas aquelas pessoas que estavam no local. Uma pessoa foi morta no mesmo momento, outras duas foram para o hospital e estão internadas, outra sobreviveu e foi liberada. Haviam crianças no local. Um crime gravíssimo”, disse.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.