ASSINE

Preso suspeito de ajudar homem a matar ex-marido da namorada em Cachoeiro

Homem de 30 anos teria ajudado jovem de 28 anos, preso na última segunda-feira (26) suspeito de sequestrar e desmembrar o corpo de Higor Fabiano Rangel, ex-marido de sua namorada

Publicado em 29/07/2021 às 15h20
O corpo de Higor Rangel foi encontrado em abril deste ano no Rio Itapemirim. A polícia chegou até o suspeito depois que a mulher registrou o desaparecimento
Polícia Civil prendeu suspeito de ajudar homem a matar o ex-marido de sua namorada em Cachoeiro. Crédito: Reprodução

Um homem de 30 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (29), no bairro Aquidaban, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, suspeito de ajudar outro homem, de 28 anos, a sequestrar e esquartejar o ex-marido de sua namorada, o jovem Higor Fabiano Rangel, 23. O tronco da vítima foi encontrado no Rio Itapemirim, no dia 28 de abril.

Segundo a Polícia Civil, a prisão ocorreu por cumprimento de mandado de prisão temporária e foi realizada por policiais civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Cachoeiro de Itapemirim.

O delegado Felipe Vivas explicou que o homem teria ajudado o suspeito de 28 anos, preso na última segunda-feira (26), em todo o crime. "Esse indivíduo já havia sido preso pela nossa equipe no último dia 16, durante cumprimento de mandado de busca e apreensão domiciliar pela prática de tráfico de drogas. Com ele, além de cocaína e material comumente utilizado no envase de drogas, foi apreendido o aparelho celular pertencente à vítima", contou o titular da DHPP de Cachoeiro.

De acordo com Vivas, ao ser interrogado no último dia 16 sobre o aparelho de celular que foi encontrado com ele, o detido informou que havia adquirido o telefone do homem de 28 anos, negando qualquer envolvimento na morte da vítima. Após audiência de custódia no dia seguinte para analisar a autuação em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, ele foi liberado.

 "Com a prisão do homem de 28 anos — namorado da ex-mulher da vítima — realizada nessa segunda-feira (26), e com o avançar das investigações, ficou claro o envolvimento ativo de desse segundo suspeito de 30 anos na morte de Higor Fabiano Rangel, motivo pelo qual foi representado ao Judiciário pela decretação da prisão temporária pelo prazo de 30 dias. O mandado foi deferido e devidamente cumprido", disse o delegado.

O homem de 30 anos será encaminhado para o Centro de Detenção Provisória (CDP), de Cachoeiro de Itapemirim. A polícia não informou o nome dos dois suspeitos detidos.

RELEMBRE O CRIME

O tronco de Higor Fabiano Rangel foi localizado no Rio Itapemirim, no dia 28 de abril, com cabeça e membros superiores e inferiores cortados e armazenados em sacolas plásticas.

“Ele foi morto porque descobriu que a ex-mulher dele estava se envolvendo com o suspeito detido na segunda-feira (26). Após esse romance vir à tona, os dois homens começaram a fazer ameaças um para o outro. A vítima foi sequestrada e teve seu corpo desmembrado pelo criminoso. O corpo foi identificado somente no dia 17 de junho, quando a ex-companheira da vítima compareceu à delegacia para prestar esclarecimentos”, explicou o delegado Felipe Vivas.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.