ASSINE

PM que morreu em acidente de moto faria aniversário quinta-feira (27)

O soldado André Matos de Miranda Almeida, 24 anos, morreu após bater com sua Honda CBF 650 na Rua Olival Pimentel, em Viana, na noite dessa segunda-feira (24)

Publicado em 25/02/2020 às 12h28
Atualizado em 25/02/2020 às 12h28
Soldado André Mattos Miranda Almeida. Crédito: Acervo Pessoal
Soldado André Mattos Miranda Almeida. Crédito: Acervo Pessoal

O soldado da Polícia Militar que morreu após sofrer um acidente de moto no bairro Vila Bethânia, em Viana, na noite desta segunda-feira (25) iria completar 25 anos de idade na próxima quinta-feira (27). A informação foi passada por familiares.

De acordo com a PM, André Matos de Miranda Almeida, 24 anos, seguia com sua Honda CB 650F pela Rua Olival Pimentel quando bateu na coluna de um muro e caiu do veículo na subida da via.

Rua Olival Pimentel, local do acidente que matou o soldado da PM. Crédito: Isaac Ribeiro
Rua Olival Pimentel, local do acidente que matou o soldado da PM. Crédito: Isaac Ribeiro

Testemunhas informaram para a TV Gazeta que o policial estava na frente da casa de um amigo, viu que a moto apresentava problemas e decidiu dar um arranque para testá-la. Com isto, acabou batendo em uma coluna e depois em um poste, onde a cabeça foi atingida. Ele chegou a ser socorrido consciente, reclamando de dores no braço.

“Depois do acidente, ele se levantou, sentou no chão e estava conversando. Uma mulher apareceu na rua e o deitou no colo dela. Depois, o policial começou a desmaiar e levaram ele para o hospital”, disse a dona de casa Liliane Ribeiro, de 32 anos. Ela mora na rua onde aconteceu a batida.

André foi socorrido em um carro particular por um amigo policial e levado até o Pronto Atendimento de Arlindo Vilaschi, em Viana. Ele chegou à unidade de socorro com vida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo foi levado para o Departamento Médico Legal (DML) em Vitória.

O soldado era lotado na 11ª Companhia Independente de Viana há cerca de um ano e meio. Antes, ele trabalhava como militar em Ibatiba. Natural de Laginhas, em Minas Gerais, André estava no Espírito Santo há quatro anos. O soldado era casado e não tinha filhos. O velório e o enterro serão em Minas Gerais.

MORTE DE PM

No último sábado (22) outro policial militar morreu na noite ao bater a motocicleta que dirigia em um poste do bairro Portal de Jacaraípe, na Serra. Logo após o acidente, junto ao corpo do soldado Marrony Oliveira Silva, foi encontrado um coldre vazio. Ou seja, sem a pistola – que, agora, está sendo procurada pela Polícia Civil, informou em nota a PM.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Viana Polícia Militar acidente trânsito viana

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.