ASSINE

Motoboy agredido por demora em entrega de pizza tem alta do hospital no ES

Depois de sete dias internado, o motoboy Wesley Mendes dos Santos teve alta e foi até o DHPP prestar depoimento. Caso é investigado pela polícia

Publicado em 31/03/2020 às 13h19
O motoboy Wesley Mendes dos Santos foi esfaqueado por que demorou a entregar uma pizza em Vila Velha
O motoboy Wesley Mendes dos Santos foi esfaqueado por que demorou a entregar uma pizza em Vila Velha. Crédito: Reprodução / TV Gazeta

O motoboy, de 28 anos, esfaqueado por um cliente por causa da demora na entrega de uma pizza, em Vila Velha, na última terça-feira (24), recebeu alta médica. Ele ficou sete dias internado no Hospital Estadual de Urgência e Emergência, o antigo São Lucas, em Vitória. O caso é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) do município. O suspeito ainda não foi preso.

O suspeito do crime é um comerciante de 23 anos, que mora no nono andar do prédio onde a agressão aconteceu. Revoltado com a demora na entrega, ele já desceu com uma faca para receber o pedido e deu cinco facadas no entregador.

Depois de sete dias internado, o motoboy Wesley Mendes dos Santos teve alta e foi até o DHPP prestar depoimento. Ele falou do desespero por socorro depois de levar cinco facadas. O entregador disse que tentou se proteger e lutou contra o comerciante.

Wesley Mendes dos Santos

Motoboy esfaqueado

"Eu fui ficando sem respirar e eu tentava parar os carros, mas não vinha viatura e nem nada. Só Deus que me deu força. Eu achei que não fosse aguentar, não. Ele desceu com a faca na cintura e eu não tinha visto. Ele começou a se alterar e eu perguntei porque ele estava falando daquele jeito comigo. Ele me deu uma porrada na boca, a gente entrou em luta corporal e ele começou a me esfaquear"

Por trabalhar por conta própria, Wesley está angustiado de estar parado por causa dos ferimentos. "Eu gosto do meu trabalho. É uma coisa que eu consigo sustentar as minhas filhas. Agora vou ter que ficar 60 dias sem trabalhar", lamentou.

PROTESTO

O caso teve repercussão e revoltou colegas de trabalho de Wesley. Motoboys fizeram um protesto na frente do prédio. A porta de vidro do edifício onde o crime aconteceu, foi quebrada.

O motoboy Wesley Mendes dos Santos foi esfaqueado por que demorou a entregar uma pizza em Vila Velha
Wesley recebeu cinco facadas. Crédito: Reprodução / TV Gazeta

INVESTIGAÇÃO

A Polícia Civil informou que está apurando as imagens das câmeras de videomonitoramento do prédio que mostram a briga entre Wesley e o comerciante.

Os policiais informaram que os advogados do comerciante fazem contato com a delegacia todos os dias e dizem que o comerciante está internado e precisou passar por uma cirurgia, porque durante a briga o agressor teve uma lesão no rosto.

O advogado de Wesley diz que vai apurar com a polícia como está a investigação do caso.

Este vídeo pode te interessar

Com informações de Daniela Carla, da TV Gazeta

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.