ASSINE

Jovem é preso suspeito de matar o próprio pai em São Gabriel da Palha

O crime ocorreu na madrugada da última segunda-feira (3), na residência onde os dois moravam, no bairro Jardim Passamani, e o rapaz de 25 anos foi preso nesta quinta-feira (6)

Colatina / Rede Gazeta
Publicado em 06/05/2021 às 18h44
Delegacia de São Gabriel da Palha, no Noroeste do ES
Delegacia de São Gabriel da Palha, no Noroeste do ES. Crédito: Acervo

Um jovem de 25 anos foi preso nesta quinta-feira (6) suspeito de matar o próprio pai, de 53 anos, com um golpe na cabeça em São Gabriel da Palha, Noroeste do Espírito Santo. O crime foi na madrugada da última segunda-feira (3), na residência onde os dois moravam, no bairro Jardim Passamani. A vítima e o detido não tiveram os nomes divulgados pela polícia.

Segundo a polícia, no dia do crime o suspeito disse aos policiais que a casa havia sido invadida. Na ocasião, ele bateu na porta da casa de uma vizinha, dizendo que um desconhecido entrou na casa pela janela e dado um tiro na cabeça de seu pai. Ainda nesse relato, o rapaz afirmou que entrou em luta corporal com o invasor e saiu da casa em seguida para procurar por ajuda. Quando os policiais militares chegaram ao local, a vítima ainda respirava e o socorro foi acionado, mas o homem chegou sem vida ao hospital.

Segundo as investigações, o suspeito mentiu para os policiais. “Ao coletar depoimentos, constatamos que as declarações dele não podiam ser verídicas. Primeiro, ele disse ter saído pelos fundos da casa e procurado socorro na moradia de uma vizinha, ou seja, ele teria passado em frente à entrada da própria casa, justamente onde o suposto autor estaria. Segundo, através de uma câmera, policiais confirmaram que o filho fez esse trajeto andando e não correndo, como seria natural para quem procura ajuda para o próprio pai”, afirmou o titular da DP de São Gabriel da Palha, delegado Rafael Caliman.

Ainda segundo o delegado, o laudo cadavérico corrobora com os levantamentos da equipe de investigação. “O laudo informa que a morte ocorreu por ação de instrumento contundente e não disparo de arma de fogo, conforme declarado pelo suspeito. Infelizmente, não conseguimos determinar o que foi usado como arma do crime, pois o objeto não foi encontrado”, relatou o delegado.

A motivação do crime seria um desentendimento entre os dois. O rapaz é dependente químico e vivia em desavenças com o pai, que não apoiava as atitudes do filho e chegou a registrar uma ocorrência informando que foi ameaçado por ele por não entregar o dinheiro solicitado. O detido já foi encaminhado ao sistema prisional. O Inquérito Policial continua em andamento na DP de São Gabriel da Palha e deve ser concluído nos próximos dias.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.