Foragido da Justiça e olheiros do tráfico são presos na Grande Vitória

O homem que estava foragido havia invadido uma igreja e roubado fieis em Aracruz, em 2017; os suspeitos de tráfico foram detidos em flagrante

Publicado em 16/01/2021 às 14h26
Romário Rodrigues de Lemos, vulgo
Romário Rodrigues de Lemos, vulgo "Alemão", de 25 anos, é condenado por um roubo de repercussão, em Aracruz, no dia 12 de abril de 2017, em que invadiu uma igreja e roubou fiéis. Crédito: Sicoi/Ascom /PCES

Quatro homens foram presos nesta sexta-feira (15), após a realização de duas operações simultâneas da Polícia Civil, por meio do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Morro do Macaco, na região de Tabuazeiro, em Vitória, e no bairro Ataíde, em Vila Velha.

Em Vila Velha, foi preso o foragido da Justiça Romário Rodrigues de Lemos, vulgo "Alemão", de 25 anos, que, segundo o delegado-chefe do DHPP, Romualdo Gianordoli, é condenado por um roubo de repercussão, em Aracruz, no dia 12 de abril de 2017, em que invadiu uma igreja e roubou fiéis.

Já no morro do Macaco, foram presos olheiros do tráfico de 21, 23 e 53 anos, todos com rádio-comunicadores baofeng. Os olheiros foram surpreendidos na parte mais alta do morro, região conhecida como “Dubem”.

“Por ser no horário da troca de plantão, havia mais de um olheiro. Os mesmos afirmaram que a ‘visão do Dubem’ é a mais rentável do morro, pagando 20% a mais pelo plantão de 12 horas. Isso porque, a ‘Dubem’ é a visão para as avenidas”, informou Gianordoli.

Os três olheiros foram autuados em flagrante pelo crime de informante do tráfico de drogas, e encaminhados ao Centro de Triagem de Viana.

*Com informações da assessoria da Polícia Civil.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.