ASSINE

Estupro no ES: tio fez contato com policial do ES para se entregar

Em entrevista para a Rádio CBN, o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, divulgou detalhes da investigação e da prisão do suspeito, que foi localizado em Betim, na madrugada desta terça-feira (18)

Publicado em 18/08/2020 às 12h52
Atualizado em 19/08/2020 às 11h52
Delegacia de São Mateus
O caso foi investigado pela Delegacia de São Mateus, no Norte do Estado. Crédito: Arquivo

O principal suspeito de estuprar e engravidar uma menina de 10 anos, no Norte do Espírito Santo, fez contato com um policial de São Mateus, informando onde estava se escondendo após ser considerado foragido pela Justiça. As informações foram reveladas pelo delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda, em entrevista para a Rádio CBN, na manhã desta terça-feira (18).

Arruda compartilhou detalhes da investigação que resultou na prisão do suspeito, localizado na cidade de Betim, em Minas Gerais, durante a madrugada. “Ele sabia que estávamos fechando o cerco e fez o contato com um policial de São Mateus, dizendo que estava em Betim e falando que se entregaria somente a ele. Montamos uma equipe e conseguimos efetuar a prisão”, revelou.

Segundo o delegado, desde o que o caso foi descoberto no dia 7 de agosto, quando a criança deu entrada no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus, a Polícia Civil montou um cerco para localizar e prender o suspeito. “A prisão foi pedida e nós começamos a procurá-lo. Começamos a fechar o cerco. Tivemos a informação de que ele estava na Bahia, fomos lá, mas ele tinha saído um dia antes. Então começamos a fechar o cerco’, lembrou.

O homem, que não terá o nome divulgado para preservar a identidade da criança, tem 33 anos e está sendo trazido de Minas Gerais para o Espírito Santo, onde será encaminhado para o presídio, conforme confirmou o delegado-geral da Polícia Civil, José Darcy Arruda. “Ele será encaminhado para Vitória, pois precisa passar por exames. Será ouvido em delegacia também aqui”.

A reportagem de A Gazeta entrou em contato com a Secretaria de Estado da Justiça do Espírito Santo (Sejus), às 11h, desta terça-feira (18), e o acusado ainda não havia dado entrada no sistema prisional capixaba. De acordo com a Sejus, a previsão é que ele vá ainda hoje para a Penitenciária Estadual de Vila Velha 5, no Complexo de Xuri, em Vila Velha.

VÍDEOS EM REDES SOCIAIS

Logo após a prisão do suspeito, alguns vídeos gravados pelo homem antes de ser detido começaram a circular nas redes sociais. Em uma das gravações, o indiciado revela que entrou em contato com um policial de São Mateus, informando sua localização e que só se entregaria a ele.

Em um outro vídeo feito pelo suspeito, o mesmo pediu que fossem feitos exames de DNA e coletado material de parentes da criança. "Essa possibilidade será analisada e checada pela Polícia de São Mateus, mas as investigações apontam que os abusos eram praticados por ele. Ele disse que os atos eram consentidos, mas não há consentimento com crianças de 10 anos. Ele falou que tinha relações com a menina desde 2019", disse o delegado Ícaro Ruginski, em coletiva à imprensa, nesta terça-feira. 

PRISÃO

O tio acusado de estuprar e engravidar a menina de 10 anos em São Mateus, Região Norte do Espírito Santo, foi preso na madrugada desta terça-feira (18), entre 3h e 4h, na cidade de Betim, em Minas Gerais.

A polícia capixaba recebeu a denúncia e foi até o local onde ele estava escondido. Antes, o rapaz esteve na Bahia e depois fugiu para Minas Gerais. As informações foram apuradas pela equipe da TV Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.