ASSINE

Corpo encontrado em rio de Alegre é de estudante da Ufes

O universitário Welington de Mello estava desaparecido desde a quarta-feira (8). Ele estudava Ciências da Computação e morava na cidade

Tempo de leitura: 2min
Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 13/06/2022 às 11h22
Welington de Mello, de 22 anos, estudava na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), no campus de Alegre
Welington de Mello, de 22 anos, estudava na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), no campus de Alegre. Crédito: Reprodução/ Ufes

corpo do homem encontrado na manhã de domingo (12) dentro do Rio Braço Direito do Norte, perto da localidade de Sobreira, em Alegre, no Sul do Espírito Santo, é do estudante universitário Welington de Mello, de 22 anos. O rapaz estudava na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), no campus de Alegre. 

A confirmação foi feita pela família do universitário, que mora em Marilândia, no Noroeste do Estado. O jovem era natural de Colatina. Na manhã desta segunda-feira (13), familiares realizaram a liberação do corpo no Serviço Médico Legal de Cachoeiro de Itapemirim. O corpo será encaminhado para Marilândia, para velório e sepultamento.

O desaparecimento do jovem foi comunicado na última sexta-feira (10), conforme boletim de ocorrência, registrado pela mãe. Mas, segundo a família, ele já estava desaparecido desde a quarta-feira (8). Welington de Mello era estudante do curso de Ciência de Computação na Ufes e morava com outros estudantes. 

UFES DIVULGOU NOTA DE PESAR

No domingo, a Ufes divulgou uma nota, lamentando a morte do jovem. "A Administração Central da Ufes comunica com pesar o falecimento do estudante de Ciência da Computação do campus de Alegre Welington de Mello, ocorrido neste sábado, 11. Ele era natural de Colatina e cursava o quarto período do curso. Em nome de toda a comunidade acadêmica, a Administração Central da Ufes manifesta sua solidariedade aos familiares e amigos do estudante", publicou a universidade.

CAUSA DA MORTE

Segundo o Corpo de Bombeiros, a causa da morte foi por afogamento. As buscas começaram por volta das 6h30, quando os bombeiros foram acionados pela Polícia Civil, após pertences do homem aparecerem próximo ao rio. O corpo foi encontrado, submerso, por volta das 10h30.

Os bombeiros informaram que o corpo foi entregue para a equipe da Polícia Civil, que investiga o caso. A corporação foi procurada por A Gazeta para mais informações. Em nota, a Polícia Civil comunicou que o corpo foi encaminhado ao Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim e, após a confecção do laudo, a causa da morte será avaliada. 

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.