ASSINE

Filho confessa ter matado a mãe após usar drogas no Natal, em Linhares

Segundo o delegado, Diego da Conceição, de 28 anos, contou que se envolveu em uma confusão com a mãe por ter vendido a televisão dela para comprar drogas; ele disse que está arrependido do que fez

Publicado em 26/12/2019 às 16h55
Atualizado em 26/12/2019 às 19h21
Diego da Conceição, de 28 anos, é suspeito de assassinar a mãe, em Linhares. Crédito: Reprodução/TV Gazeta
Diego da Conceição, de 28 anos, é suspeito de assassinar a mãe, em Linhares. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

Diego da Conceição, de 28 anos, confessou em depoimento ter assassinado a facadas a própria mãe, a dona de casa Tereza da Conceição, de 55 anos, na noite de Natal, no bairro Aviso, em Linhares, no Norte do Estado. O jovem já estava preso por ser suspeito de cometer o crime e foi ouvido novamente na tarde desta quinta-feira (26), antes de ser transferido para o sistema prisional.

Ao delegado Fabrício Lucindo, chefe da 16ª Delegacia Regional de Linhares, Diego contou como tudo aconteceu. “Agora à tarde nós trouxemos o investigado novamente para a delegacia, o interrogamos e ele resolveu confessar o crime. Ele disse que usou drogas a noite inteira e que ele é usuário de drogas. Ele acabou pegando a televisão da mãe e vendendo para comprar drogas e, quando a mãe descobriu, eles entraram em luta corporal, a mãe dele chateada com a situação dele estar roubando as coisas dentro de casa e ele lançou mão de uma faca e acabou executando a mãe, naquela confusão que foi gerada por conta da televisão e do uso excessivo de drogas também”, explica o delegado.

Diego foi preso na tarde desta quarta-feira (25), quando realizava os procedimentos para a liberação do corpo da mãe que estava no Serviço Médico Legal (SML). Ele estava na delegacia acompanhado do irmão e de outros familiares.

Apesar de ser suspeito de ter cometido o crime, o motivo da prisão, segundo o delegado de plantão, Tiago Cavalcanti, foi o descumprimento de medida cautelar imposta para o benefício da saída temporária. Ele cumpre pena por roubo e homicídio e havia deixado a prisão na segunda-feira (23) para a saída temporária de Natal.

Segundo Cavalcanti, o jovem assumiu ter feito uso de bebida alcoólica e de drogas durante a noite de Natal, o que é proibido pelas regras do benefício.

No primeiro depoimento, Diego disse à polícia que saiu para comprar pão e, quando retornou, a mãe já estava morta. No entanto, familiares que também foram ouvidos pelo delegado, contestaram essa versão.

Tereza da Conceição, de 55 anos, foi morta a facadas dentro de sua casa, em Linhares. Crédito: Reprodução/TV Gazeta
Tereza da Conceição, de 55 anos, foi morta a facadas dentro de sua casa, em Linhares. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

ARREPENDIDO

Durante o depoimento realizado na tarde desta quinta-feira (26), Diego disse que está arrependido. “Agora à tarde ele disse para mim que se arrependeu do que ele tinha feito e que se ele pudesse voltar atrás ele voltaria, mas infelizmente já não tem mais jeito”, conta o delegado.

Segundo Fabrício Lucindo, o jovem vai responder pelo crime de homicídio qualificado, com pena que varia de 12 a 30 anos de prisão, caso seja condenado. Ele foi transferido para o Presídio Regional de Linhares onde ficará à disposição da Justiça.

ENTENDA O CASO

Diego da Conceição, de 28 anos, cumpria pena no Centro de Detenção e Ressocialização de Linhares (CDRL) pelos crimes de roubo e homicídio. Na última segunda-feira (23), ele deixou a prisão para passar o Natal e Ano Novo com a família.

No entanto, após participar da confraternização realizada na casa do irmão, ele saiu, fez uso de drogas e quando retornou para a casa, se desentendeu com a mãe e acabou cometendo o crime. Ele já era suspeito de envolvimento no assassinato, mas foi preso por descumprir medidas cautelares impostas pela saída temporária.

O crime aconteceu na casa onde Tereza morava no bairro Aviso, em Linhares. Crédito: Leonardo Goliver
O crime aconteceu na casa onde Tereza morava no bairro Aviso, em Linhares. Crédito: Leonardo Goliver

O CRIME

Tereza da Conceição, de 55 anos, foi encontrada morta nesta quarta-feira (25) na casa onde morava no bairro Aviso, em Linhares. Segundo a Polícia Civil, a vítima apresentava diversas perfurações pelo corpo provocados por uma faca.

A Polícia Militar e a perícia da Polícia Civil também estiveram na residência. O corpo de Tereza foi levado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares.

Durante a tarde desta quarta-feira (25), Diego e outros familiares da vítima estiveram no Serviço Médico Legal (SML) de Linhares para fazer a liberação do corpo. Segundo eles, Tereza participou da confraternização de Natal durante a noite com a família, mas se despediu e foi para casa. Ao amanhecer, Diego afirmou aos irmãos que havia encontrado a mãe morta em casa.

A Gazeta integra o

Saiba mais
homicídio linhares polícia civil es norte linhares

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.