ASSINE

Paciente que tinha suspeita de coronavírus no ES está com influenza A

Os sintomas da influenza são parecidos com o de outras doenças respiratórias, como o coronavírus: febre, dor no corpo, dor de cabeça e tosse seca

Publicado em 26/02/2020 às 17h18
Atualizado em 26/02/2020 às 19h23
Paciente está internado no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves. Crédito: Divulgação
Paciente está internado no Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves. Crédito: Divulgação

O paciente que veio da Itália e foi internado no Hospital Estadual Dr Jayme dos Santos Neves por suspeita do novo coronavírus (Covid-19) foi diagnosticado com influenza A. O resultado do exame que descartou a presença do vírus que está se alastrando pelo mundo foi divulgado nesta quarta-feira (26) pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesa).

A influenza A é um tipo de gripe que é encontrada em várias espécies de animais, além dos seres humanos, como suínos, cavalos, mamíferos marinhos e aves. De acordo com informações do Ministério da Saúde, os subtipos de vírus influenza A presentes no país e que infectam humanos são o H1N1 (que ficou conhecido como gripe suína) e H3N2.

Os sintomas da influenza são parecidos com o de outras doenças respiratórias, como o coronavírus: febre, dor no corpo, dor de cabeça e tosse seca. Apesar do diagnóstico, ele continua internado no Hospital Jayme dos Santos Neves, na Serra, mas o isolamento foi suspenso.

O exame foi feito pelo Laboratório Central (Lacen), da Sesa. Com a confirmação do diagnóstico de influenza, fica descartada a possibilidade do paciente ter coronavírus. O homem de 54 anos tinha dado entrada com sintomas respiratórios na UPA de Carapina na noite de terça-feira (25).

O resultado divulgado nesta quarta-feira (26) se refere ao primeiro exame que seria feito para diagnosticar se o paciente teria outra doença respiratória. Se o laudo não apontasse nenhuma outra doença, um segundo exame mais específico - que demoraria cerca de sete dias - teria que ser feito pelo laboratório da Fiocruz, no Rio de Janeiro.

CUIDADOS SÃO OS MESMOS

O médico infectologista Carlos Urbano explicou que a influenza A pode até confundir clinicamente com o coronavírus, além de ter sintomas parecidos, mas que são doenças bem diferentes. Ele ressaltou que a influenza, porém, possui vacina.

Carlos Urbano

Infectologista

"A letalidade da gripe é um pouco menor e é uma coisa mais frequente, que ataca muito mais gente e ainda tem vacina distribuída. Mas a gripe também pode se complicar e levar a um caso mais grave assim como o coronavírus. Mas é importante destacar que é outro vírus, são coisas diferentes, mas os cuidados são os mesmos"

O paciente que tinha a suspeita de estar com coronavírus apresentava quadro respiratório leve, segundo Aldo Lugão, subsecretário de Saúde da Serra. "Estava com febre, dor de garganta e apresentava tosse há alguns dias, mas o que acendeu o alerta foi o fato dele vir da Itália", explicou.

O homem que está internado é morador da Grande Vitória. O município em que ele mora não foi divulgado. Ele ficou por 11 meses na Itália, onde circulou por várias cidades, de acordo com a Sesa. Segundo informações apuradas pela reportagem de A Gazeta, ele teria morado no Sul da Itália, na região de Positano.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.