ASSINE

Ministério da Saúde confirma primeiro caso de coronavírus no ES

A paciente é uma mulher de 37 anos da Grande Vitória que viajou para a Itália recentemente

Publicado em 05/03/2020 às 16h33
Atualizado em 06/03/2020 às 09h52
Amostra laboratorial do coronavírus. Crédito: Center for Desease Control and Prevention
Amostra laboratorial do coronavírus. Crédito: Center for Desease Control and Prevention

Ministério da Saúde confirmou, na tarde desta quinta-feira (05),  o primeiro caso de paciente contaminado com coronavírus (Covid-19) no Espírito Santo: é uma mulher de 37 anos da Grande Vitória que fez viagem para a Itália. 

O colunista de A Gazeta, Leonel Ximenes, conseguiu confirmar com exclusividade que a mulher é de Vila Velha. A informação foi obtida com fontes oficiais do município.

A paciente chegou ao Estado no dia 20 de fevereiro. Dois dias depois, começou a ter os sintomas da doença; e no dia 24 fevereiro ela procurou atendimento médico. Ela ficou nove dias internada em um hospital particular e recebeu alta na quarta-feira (04). No momento, a mulher permanece em casa em isolamento. 

De acordo com Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), a capixaba no momento  tem um quadro leve da doença e apresenta sintomas como febre e coriza. Os familiares dela estão sendo acompanhados, mas seguem sem isolamento e só passarão por procedimentos caso apresentem os sintomas das doenças. 

RISCO DE TRANSMISSÃO

A contagem dos 14 dias do período de transmissão da doença começa a partir da apresentação dos sintomas por parte do paciente. No caso da capixaba, esse intervalo de tempo já está na reta final. As pessoas que tiveram contato com ela durante esses dias estão sendo acompanhadas.

NO BRASIL

No Brasil, agora, são oito casos confirmados de pessoas com a doença e 638 casos suspeitos são monitorados. No Espírito Santo, outros quatro casos estão sendo apurados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Espírito Santo (Sesa) no último boletim epidemiológico divulgado na quarta-feira (03). 

No Rio de Janeiro também foi registrado um caso de paciente com coronavírus confirmado. Os outros seis pacientes infectados são de São Paulo. 

O Ministério da Saúde também divulgou que foi registrado o primeiro caso de transmissão local  dentro do país, ou seja, de pessoa doente que viajou para país com epidemia  e teve contato com outra pessoa aqui no Brasil.

COMO PREVENIR

Até o momento não há um tratamento específico para a doença, que é transmitida por gotículas de saliva e catarro que se espalham pelo ambiente. Por isso, é fundamental manter alguns cuidados com a higiene pessoal que também valem para afastar o risco de gripe e outras tantas doenças respiratórias.

OS CUIDADOS

  • Lavar as mãos frequentemente por pelo menos 20 segundos com água e sabão
  • Utilizar antisséptico de mãos à base de álcool para higienização
  • Cobrir com a parte interna do cotovelo a boca e o nariz ao tossir ou espirrar
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal
  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal

"NÃO É PARA TER PÂNICO", DIZ CASAGRANDE

Na tarde desta quinta-feira (05), o governador Renato Casagrande se manifestou  sobre o primeiro caso e pediu tranquilidade à população.  "O plano de contingência continua, é trabalho que temos que fazer juntos. Estávamos nos preparando para isso. Não é para ter pânico", afirmou Casagrande.

Espírito Santo Ministério da Saúde Saúde SESA Coronavírus espírito santo Coronavírus no ES

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.