ASSINE

Mais um caso suspeito de coronavírus no ES é notificado em Aracruz

Morador recém-chegado de Singapura recentemente procurou o serviço médico com alguns sintomas respiratórios. País está na lista de monitoramento do Ministério da Saúde

Publicado em 26/02/2020 às 19h13
Atualizado em 27/02/2020 às 12h29
Amostra laboratorial do coronavírus. Crédito: Center for Desease Control and Prevention
Amostra laboratorial do coronavírus. Crédito: Center for Desease Control and Prevention

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) recebeu na noite desta quarta-feira (26) mais uma notificação de suspeita de coronavírus no Espírito Santo. Um capixaba de 25 anos que chegou de Singapura recentemente procurou o serviço médico com alguns sintomas respiratórios. Como o país está na lista de risco do Ministério da Saúde, o caso entrou na classe de suspeitos.

O capixaba está em isolamento em sua casa em Aracruz, no Litoral Norte do Estado. Ele apresentou sintomas como febre e coriza.

"O paciente apresenta quadro clínico leve, sem sinais de gravidade sendo, nesses casos, indicado o isolamento domiciliar de acordo com o protocolo adotado no Brasil", informou a Sesa.

Segundo a Secretaria, os exames laboratoriais para verificar se o morador possui outro vírus ou se trata-se do Covid-19 serão iniciados nesta quinta-feira (27) com a coleta de material.

Na última sexta-feira (21), o Ministério da Saúde passou a enquadrar também na definição casos suspeitos de Covid-19, pessoas com histórico de viagens a outros sete países: Japão, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Singapura, Camboja, Vietnã e Tailândia. A mudança ocorreu devido ao aumento de 14% no número de novos casos fora da China. Por isso, o caso logo já entrou na lista de suspeitos.

Essa é a segunda suspeita de coronavírus registrada no Espírito Santo. Na manhã desta quarta-feira (26), o Ministério da Saúde informou que o país tem um registro confirmado, 20 casos suspeitos e 59 descartados. No mundo, os dados apontam para 80.239 casos confirmados e 2.700 mortes, ou seja, um índice de letalidade de 3,4%. Fora da China, o porcentual é de 1,4%.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.