ASSINE

Coronavírus no ES: presídios vão ter salas de isolamento

Presídios também vão passar a cumprir uma série de ações para evitar a disseminação do novo coronavírus nas unidades.

Publicado em 13/03/2020 às 21h00
Atualizado em 13/03/2020 às 23h17
Penitenciária no Complexo de Xuri. Crédito: Carlos Alberto Silva
Penitenciária no Complexo de Xuri. Crédito: Carlos Alberto Silva

Os presídios do Espírito Santo também vão passar a cumprir uma série de ações para evitar a disseminação do novo coronavírus nas unidades. As medidas vão passar a ser aplicadas a partir desta segunda-feira (16), conforme informou o subsecretário de Justiça, Alessandro Ferreira de Souza, durante a coletiva de imprensa do governo do Estado que detalhou o plano de ação para o enfrentamento à doença.

Segundo ele, hoje não há casos suspeitos dentro do sistema no Estado, mas a partir do dia 16 haverá uma atuação para um controle rigoroso nas condições de saúde dos visitantes, servidores e da massa carcerária. Qualquer detento que apresente sintomas, deverá ficar em isolamento.

"Como nós combatemos essa ameaça dentro de um ambiente confinado, fica bastante simples as ações de isolamento. Podemos fazer o isolamento de uma simples pessoa, até, em situação mais drástica, de toda uma unidade prisional. Toda nossas unidades prisionais têm equipes de saúde, e temos total capacidade da atenção básica para atender essas pessoas, ou também para isolá-los. A partir do momento que a complexidade evolui, nós faremos uso da rede de saúde do Estado para atender a pessoa", explicou.

Em relação aos novos presos que irão ingressar no sistema a partir de agora, o subsecretário esclareceu que será feita uma nova análise durante a triagem médica pela qual eles já passam, para saber se tem algum problema de saúde preexistente.

"No caso dessa pandemia, também vai ser verificado se a pessoa demonstra algum sintoma. Se ela demonstrar, ou se esteve com alguém que tinha sintoma, a entrada da pessoa no presídio vai ser diferente, ela vai permanecer em uma área de isolamento na unidade, até que seja feito o exame. Se confirmar algum caso, e ele teve contato com outros presos, vão isolar a cela onde a pessoa estava e as celas vizinhas", detalhou.

Dentro dos presídios, já há os espaços que serão usados para isolamento de pessoas infectadas, se necessário: são salas que hoje são usadas para presos que passam por recuperação de algum problema de saúde, como acidentes, por exemplo. Além disso, há uma Unidade de Saúde em Viana, dentro do complexo prisional, e uma em Vila Velha, que darão o apoio a qualquer atendimento necessário.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Ministério da Saúde SESA Coronavírus espírito santo Coronavírus no ES

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.